03 de agosto de 2020
Campo Grande 31º 18º

Azambuja deve fazer “oposição programática” caso seja aliado de Delcídio, diz Gildo

O presidente municipal do PT, Gildo de Oliveira, acredita que uma aliança entre o senador Delcídio do Amaral (PT) e o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) nas próximas eleições é possível, pois o tucano fará uma “oposição programática” ao governo petista.

“Não estamos trabalhando pelo lado da complicação (da aliança) e sim pelo projeto de ambos. A gente crê que o Reinaldo vá fazer oposição programática, não uma oposição raivosa. Na avaliação pessoal, ele tem que estar preocupado com o Mato Grosso do Sul. Ambas as partes tem maturidade e vontade de cooperar”, declarou.

Segundo o presidente do diretório, o diálogo entre tucanos e petistas começou desde que as duas siglas estiveram unidas apoiando a candidatura do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), no segundo turno das eleições de 2012. “Eu particularmente torço pra que tudo certo. Senador Delcídio tem toda a liberdade pra conversar”, finalizou Gildo.

Diana Christie