26 de outubro de 2020
Campo Grande 27º 22º

Bernal poderá não comparecer ao seu depoimento amanhã

Foi revogada ontem a liminar que suspendeu os trabalhos da Comissão Processante, que investiga possíveis irregularidades na administração do prefeito da cidade Alcides Bernal (PP). Com isso, o prefeito deverá depor amanhã às 14 horas na Câmara Municipal. Bernal deixou subintendido se irá ou não comparecer ao local.

Para o prefeito, a decisão que ele irá tomar será via procurador. Bernal explica que se recusa a comparecer na Casa de Leis por ser um ambiente que não há respeito, e porque tudo que acontece hoje é uma peça de teatro que a Câmara está fazendo.

“Vou depor pessoalmente em um ambiente que haja respeito somente quando houver a garantia de que o que será buscado é a verdade. Se eles quiserem expor o prefeito de Campo Grande numa cena de teatro onde eles agridem, fazem ironias e tentam humilhar o prefeito, não irei participar”, defende-se Bernal.

A Processante pode encerrar os trabalhos ainda esse ano e colocar em votação, caso necessário o pedido de cassação do prefeito. Bernal terá cinco dias para fazer sua defesa por escrito e caso não seja aceita, o pedido de cassação vai à votação do Plenário.

Tayná Biazus e Diana Christie