02 de maro de 2021
Campo Grande 33º 21º

Câmara é notificada e Mario Cesar pode voltar ao Legislativo

A Câmara Municipal de Campo Grande recebeu no final da tarde desta quarta-feira (25) a notificação acerca da liminar, que autoriza o retorno do vereador Mario Cesar (PMDB) ao exercício de suas funções legislativas.

Com a decisão do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), deferindo o pedido da defesa do vereador na última terça-feira (24), para retornar à Câmara, existia uma expectativa de Mario retornar aos trabalhos durante audiência pública de hoje (24) porém faltava a Câmara ser notificada da decisão, fato que ocorreu somente nesta quarta.  

Afastamento

Mario Cesar foi afastado das funções legislativas no dia 25 de agosto, em função de suspeita de corrupção ativa e passiva na votação da Câmara que cassou mandato do prefeito Alcides Bernal (PP), em março de 2014. O afastamento de Mario Cesar é originário do desdobramento da Operação Coffee Break, desencadeada pelo Gaeco (Grupo de Atuação e Repressão ao Crime Organizado) do MPE (Ministério Público Estadual). À época o afastamento foi determinado a pedido do MPE, pelo desembargador Luiz Claudio Bonassini da Silva, do TJ/MS. A renúncia oficial do vereador Mario Cesar (PMDB) do cargo de presidente da Câmara Municipal de Campo Grande está prevista para ser lida em Plenário durante realização de sessão ordinária nesta quinta-feira (26).