01 de dezembro de 2021
Campo Grande 32º 19º

CANDIDATURA CONFIRMADA | SIDROLÂNDIA

Daltro: "Sidrolândia inteira sabe que a boataria não cola e isso desespera meus adversários"

Decisão da Justiça Estadual ainda será julgada pelo TSE e candidato do MDB pode ser votado domingo que vem

A- A+

O candidato do MDB à Prefeitura de Sidrolândia, Daltro Fiúza, continua em campanha e pode receber o voto dos eleitores e eleitoras no próximo domingo, 15. Ao contrário do que uma coligação vem divulgando, ele não está impedido de fazer campanha, nem de pedir votos e muito menos de votar.

"Todos os sidrolandenses sabem que sou o alvo de adversários que querem me tirar dessa disputa e jogam sujo, espalhando que não sou mais candidato. Essa boataria nunca vai colar, Sidrolândia inteira me conhece e sabe que não disputo pregando boatos, divulgando mentiras e fake news (notícias falsas)", afirmou Daltro. Com quatro mandatos de prefeito, ele assegura que tem apoio majoritário dos sidrolandenses para voltar a governar o município.

A indignação de Daltro Fiúza se deu poor causa de uma decisão da Justiça Estadual, que ontem (quarta-feira, 11) acatou recurso da coligação "Experiência e Trabalho", liderada por Enelvo Felini, candidato a prefeito pelo PSDB, pedindo o indeferimento da candidatura do emedebista. No entanto, por ser de instância inferior e ainda sujeita a grau de recurso, essa decisão não tira de Daltro os direitos de seguir candidato e de ser votado. "Já fizeram pedidos iguais a esse na tentativa de me excluírem da eleição. E eu ganhei na Justiça Eleitoral, minha candidatura foi autorizada pela Justiça, está autorizada. Então, os advogados estão cuidando desta questão. Eu estou tranquilo, não tenho nenhuma dúvida de que sempre agi dentro da lei. E a Justiça tem todas as peças documentais que atestam a lisura dos meus procedimentos", concluiu.