22 de abril de 2021
Campo Grande 29º 18º

Delcídio não escapa de protestos nas redes sociais e população lamenta “MS está de luto”

A- A+

A prisão do senador Delcídio do Amaral, realizada nesta quarta-feira (25) pela Polícia Federal, suspeito de oferecer fuga ao ex-diretor internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, alvo da Operação lava Jato, causou revolta nos Sul-mato-grossenses, principalmente nas redes sociais, onde Delcídio foi atacado em sua página pessoal.

Um dos internautas chegou a chamá-lo de bandido, enquanto outro chegou a dizer que “Mato Grosso do Sul tem vergonha de ver um senador seu fazendo história”. O outro internauta diz que, “Onde você está na cela tem uma caneta e um pedaço de papel? Se tiver, renuncie e fará um bem ao povo sul-mato-grossense”.


Até fora das redes sociais, Delcídio não escapou de protestos. Dona Francisca Idalma de 63 anos, aposentada e moradora do Jardim Canguru conversou com o MS Notícias e mostrou desânimo e falta de confiança dos parlamentares que representam Mato Grosso do Sul no congresso. “Eu sou da época que as pessoas iam para as ruas protestar e os políticos tinham medo da força que nossa nação tem. Hoje eles não têm vergonha de roubar tanto, não tem vergonha de representar nosso povo lá em Brasília e cometer essas barbaridades, não tem mais caráter, eu votei nele, mas estou arrependida e envergonhada, com certeza meu Estado tão querido está com vergonha e de luto hoje”, lamenta a aposentada.

O auxiliar administrativo, Custódio Linhares, 57 anos, não se surpreende com a prisão de Delcídio, mas lamenta que Mato Grosso do Sul esteja novamente na mídia nacional com notícias negativas. “Eu só fico com vergonha do que as pessoas vêem da gente lá fora. Mato Grosso do Sul só mostra índio morrendo, tráfico de drogas e agora político corrupto. Não votei nele para governador ano passado e agora tenho certeza que fiz a coisa certa, infelizmente não dá para confiar nos políticos”, destacou Custódio. 

Prisão

O líder do governo no Senado, senador sul-mato-grossense, Delcídio do Amaral (PT), foi preso na manhã desta quarta-feira (25) pela Polícia Federal em Brasília. Delcídio foi preso no hotel Golden Tulip, onde mora em Brasília. Esta é a primeira vez que senador em exercício de mandato é preso. A PF também faz buscars no Rio de Janeiro e em São Paulo. O pedido de prisão foi efetuado pelo MPF (Ministério Público Federal) e autorizado pelo STF (Supremo Tribunal Federal). 

De acordo com PF, o senador foi preso por estar atrapalhando investigações da Operação Lava Jato. Segundo a assessoria de Delcídio, o senador foi conduzido de forma coercitiva para prestar depoimento.