12 de junho de 2021
Campo Grande 25º 14º

Deputado Amarildo Cruz é cotado para assumir presidência do PT em MS

A- A+

Depois do anúncio do atual presidente do PT, Paulo Duarte, alguns nomes começaram a surgir, o deputado federal Antonio Carlos Biffi saiu na frente e colocou seu nome à disposição, no entanto, ele precisa da aprovação das lideranças do partido.

Hoje, o deputado federal eleito Zeca do PT, afirmou que um dos nomes que surgiu esta semana é do deputado estadual Amarildo Cruz, que segundo Zeca possui bom trânsito entre todas as correntes do partido e pode ser um bom nome para "dar conta" da difícil missão de unificar o PT.

Zeca acredita que o novo presidente tem de ser alguém aceito por todos, por isso, ele mesmo já se exclui do pleito. "Eu não poderia concorrer, primeiro porque não terei tempo, ficarei três dias semana em Brasília, não dá e outra meu nome não unifica o partido. Surgiu agora o nome do Amarildo, é um bom nome assim como do Biffi", diz Zeca.

Para o deputado eleito, o PT sul-mato-grossense precisa ser unificado e se organizar. "O novo presidente deve fazer partido funcionar pela formação política, reorganizar a base, e claro discutir os cargos federais, porque tem gente ocupa cargos federais hoje que foi indicada por gente já morta, como o Ramez Tebet e Nelson Trad", afirma.

Zeca desde final das eleições tem defendido que o PT assuma o controle dos cargos federais e troque a maioria dos servidores, que, segundo ele, não colaboraram com a campanha de Delcídio ao governo do Estado nem com a da reeleição da presidente Dima Rousseff (PT).

Depois da renúncia de Paulo Duarte, deverá assumir o vice-presidente Francisco Givanildo, da articulação de esquerda, PT terá 60 dias para realizar processo eleitoral e definir novo presidente do partido.

Heloísa Lazarini e Tayná Biazus