19 de maio de 2024
Campo Grande 18ºC

ELEIÇÕES 2022

Eduardo Riedel tem 51% dos votos válidos no 2º turno, diz Ibrape

Essa pesquisa Ibrape é a 1ª a ser realizada após o 1º turno

A- A+

O instituto de pesquisa Novo Ibrape divulgou nesta segunda-feira (10.out.22) um levantamento que mostra Eduardo Riedel (PSDB) com 51% dos votos válidos, ante 49% de Capitão Contar (PRTB). Não tivemos acesso a íntegra desta pesquisa.

Levantamento está registrado no TSE com o número MS-05622/2022 E BR-03115/2022. (Arte: Campo Grande News) Levantamento está registrado no TSE com o número MS-05622/2022 E BR-03115/2022. (Arte: Campo Grande News) 

Segundo o calendário do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TER-MS), os sul-mato-grossenses retornam às urnas no próximo dia 30 de outubro.

Essa pesquisa Ibrape é a 1ª a ser realizada após o 1º turno, que aconteceu em 2 de outubro. Naquela ocasião, Contar ficou com 1, 55 ponto percentual à frente, liderando a disputa.

Resultado do 1º turno em 2 de outubro:

  1. Capitão Contar: 26,71%;
  2. Eduardo Riedel: 25,16%.

O estudo de hoje considera apenas os votos válidos — quando são excluídos os votos nulos, brancos e indecisos. É assim que o TSE determina qual candidato (a) foi vitorioso (a). Para vencer num primeiro turno no Brasil, o candidato (a) deve obter 50% mais 1% dos votos totais.  

Conforme o Ibrape, no estudo de hoje pesa contra o Capitão Contar, o fato de ele ser o mais rejeitado pelos eleitores sul-mato-grossense. Dos entrevistados, 27,3% afirmaram que não votariam no deputado estadual de jeito nenhum, contra 23,2% do tucano Eduardo Riedel.

A pesquisa foi realizada de 4 a 9 de outubro, tendo sido entrevistados 1.540 eleitores acima de 16 anos, em 28 municípios de MS. A faixa Etária dos entrevistados: de 16 a 24 anos 13%, de 25 a 34 anos 21%, de 35 a 44 anos 21%, de 45 a 59 anos 25%, de 60 anos ou mais 20%. Isso é, a pesquisa ouviu 46% de pessoas adultas e idosas, ante 32% de pessoas adolescentes e jovens. 

Foram ouvidas pessoas nas regiões Centro, Norte, Leste e Pantanal. A margem de erro é de 2,5% em um intervalo de 95%.

A mostra está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número MS-05622/2022 (Governador) e BR-03115/2022 (Presidente). A pesquisa eleitoral foi encomendada e paga pelo site Campo Grande News. A mostra custou R$ 22 mil com assinatura do estatístico Ivan Ferreira Domingues. A íntegra dos custos.