25 de junho de 2021
Campo Grande 30º 19º

Em Brasília, Azambuja discute com bancada federal emendas para 2015

A- A+

Acontece hoje no período da tarde uma reunião entre o governador eleito Reinaldo Azambuja (PSDB) e a bancada federal de Mato Grosso do Sul para definir as prioridades das emendas parlamentares coletivas propostas na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2015.

Segundo Reinaldo, o objetivo da reunião é definir quais deputados federais aceitarão sua proposta, apresentada há cerca de duas semanas, de investir metade das emendas em saúde e metade em infraestrutura. “Já fizemos a proposta como estamos fechando o orçamento federal precisamos definir quais parlamentares aceitarão nossa proposta”, afirma

O governador eleito explica que além de estabelecer prioridades, ele propôs também que as emendas sejam escritas na modalidade 30 em que as rubricas orçamentárias priorizem investimentos em saúde, e no caso da infraestrutura, em drenagem asfáltica, pontes de concreto e arranjos produtivos locais para desenvolver e dar suporte à agricultura familiar. Esse tipo de emenda prevê que os recursos sejam repassados diretamente do governo federal para o Estado, que repassa aos municípios para que seus gestores executem as obras.

“Propusemos a divisão das emendas metade saúde, metade infraestrutura, e que sejam escritas na modalidade 30, mas pode ser que algum parlamentar tenha outra visão ou outra prioridade, então veremos isso na segunda”, finaliza.

Até o momento, o deputado federal Luiz Henrique Mandetta do DEM, partido aliado de Azambuja durante o período eleitoral, se manifestou favorável às propostas.

Heloísa Lazarini