24 de maio de 2024
Campo Grande 23ºC

AÇÕES POSITIVAS

Gerson defende 'lacração do bem' para divulgar entrega de resultados à população

A- A+

O presidente da Assembleia Legislativa, Gerson Claro, defendeu o que define como "lacração do bem", para dar visibilidade a iniciativas como projeto do Poder Judiciário que garantiu a reforma de 15 escolas com o uso de mão de obra do regime semiaberto de Campo Grande .

"Iniciativas de sucesso, como o Projeto Revitalizando a Educação com Liberdade, que resultaram em 161 mil dias por dia de trabalho dos presos , não merecem manchete, faz com que  Mato Grosso do Sul esteja na  vanguarda na ressocialização dos encarcerados, cumprindo a missão precípua do sistema penal", comentou Gerson .

Nesta 2ª.feira (22.abr.24) o presidente da Assembleia Legislativa participou da cerimônia de inauguração 
da reforma da Escola Estadual Riachuelo, transformada em Centro de Referência de Esporte e Cultura Escolar.

Na avaliação do deputado, a obra é um exemplo emblemático de como a estabilidade institucional entre as instituições, a disposição de construir parcerias com foco na entrega de resultados para a sociedade, produz avanço em favor do cidadão. " Em Mato Grosso do Sul as diferenças ideológicas não se sobrepõem ao interesse público. Os gestores e da classe política de um modo geral adotaram uma postura republicana, não sucumbiram à  polarização , que infelizmente tem trazido instabilidade e atrapalhado a plena retomada do desenvolvimento".

PROJETO

Para a transformação da antiga Escola Riachuelo no primeiro Centro de Referência de Esporte e Cultura Escolar do Estado, a 2ª Vara de Execução Penal (VEP) da capital destinou R$ 680 mil arrecadados do desconto judicial de 10% dos salários dos presos que trabalham via convênio com o poder público.

O local será a sede administrativa e centro de treinamento do Programa MS Desporto Escolar (PRODESC) que promove o treinamento desportivo de alta performance nas mais variadas modalidades de esporte, preparando futuros atletas olímpicos e paraolímpicos. Além disso, diversas ações culturais também são desenvolvidas pelo programa e passarão a utilizar o espaço.

A reforma foi realizada em pouco menos de quatro meses e contemplou a revitalização completa do prédio, com pintura de paredes, teto, piso, grades e quadra coberta; instalação de cobertura do estacionamento; reestruturação completa da rede elétrica e de ar condicionado; limpeza de telhado, calhas, instalação de grades de segurança, etc. Foram instalados 70 ventiladores de teto, além da troca de lâmpadas e tomadas, troca e recuperação de portas, vidros e janelas e a revitalização do jardim.

Os trabalhos foram executados por um grupo de 25 reeducandos do Centro Penal Agroindustrial da Gameleira. Cada detento recebeu um salário mínimo mensal. A remuneração e o transporte dos presos foram custeados pela Secretaria de Estado de Educação (SED) por meio de convênio com o Conselho da Comunidade de Campo Grande. O evento de entrega do centro de treinamento teve a participação do governador Eduardo Riedel e do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Sérgio Martins, dentre outras autoridades .