16 de abril de 2021
Campo Grande 32º 20º

Governador encaminha a Assembleia projeto que altera estatuto da PM

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) assinou nesta quinta-feira (12) projeto de Lei Complementar que altera estatutos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, de Mato Grosso do Sul, reduzindo de oito para seis anos, o intervalo de promoções de soldados e cabos.

Segundo assessoria do governo do Estado, a matéria foi encaminha para Assembleia Legislativa e prevê também o fim da promoção por mérito intelectual. Entre os pleitos já atendidos pelo Governo do Estado estão a revisão da lei de organização da Polícia Militar e aumento no número de vagas em cada uma das categorias, calendário anual de promoções e a promoção apenas por antiguidade, cursos de formação de cabos e sargentos e o fim do processo seletivo interno por mérito intelectual, sendo a partir de agora apenas por antiguidade.

De acordo com Reinaldo Azambuja, além da valorização do servidor o Governo do Estado vai ainda equipar as forças de segurança. “Já estão em andamento processos de compra de armamento, coletes e viaturas, que serão locadas antes do fim do ano, em paralelo a isso é importante essa redução do tempo de espera pela promoção para o incentivo e valorização da tropa que já ingressa no serviço público com essa certeza da ascensão profissional”, disse o governador.

A categoria já conquistou a revisão da lei de organização básica da Polícia Militar e aumento no número de vagas em cada uma das categorias, calendário anual de promoções, cursos de formação de cabos e sargentos.