13 de junho de 2024
Campo Grande 23ºC

Governo libera quase R$ 20 milhões em emendas parlamentares para saúde, educação e ass. social

A- A+

O governador do Estado André Puccinelli (PMDB) encerra seu mandato com mais uma conquista. Ontem, foram assinadas na Assembleia Legislativa emendas dos 24 deputados estaduais para áreas da saúde, educação e assistência social. O valor total das emendas é de R$ 19,200 milhões.

As emendas fazem parte do orçamento 2014 e complementam o valor de R$ 8 milhões já liberados em julho deste ano. Para o governador André Puccinelli (PMDB), o volume de recursos liberados para os municípios do interior do Estado é importante para garantir desenvolvimento social. "Estou muito contente em poder atender os 24 deputados, os prefeitos atendidos por eles e as instituições adimplentes que poderão continuar desenvolvendo um bom trabalho para as pessoas do nosso Estado", disse André.

Puccinelli aproveitou para reforçar a satisfação de concluir um mandato e entregar o Estado com economia fortalecida e em crescimento e com índices de melhoria na qualidade de vida da população. "Os recursos são da população, que repassa ao Estado através dos impostos para que possamos atendê-las. Como disse Azambuja, nós governamos para as pessoas e eles passarão a governador a partir de janeiro para as pessoas."

Dentro das emendas, as áreas da saúde e assistência social foi que recebe maior montante de recurso. Ao todo, para saúde e assistência social foram liberados R$ 3.513 milhões em emendas. Desse total, R$ 1.498 foram repassados aos municípios através do Fundo Estadual de Saúde, e R$ 1.428 foram repassados às entidade civis que promovem ações no setor.

Ainda restam R$ 260 mil a serem liberados e entidades, mas o valor está retido até que elas resolvam pendências financeiras e se tornem adimplentes.

Na assistência social, foram liberados R$ 3.513 milhões dos quais R$ 1.5 milhões será repassados para prefeituras e R$ 2.013 milhões para obras e serviços promovidos por entidades civis. A educação ficou com R$ 2.917  milhões, sendo R$ 1.325 milhões para prefeituras realizarem suas ações nas escolas municipais e R$ 1.592 será repassado às entidades civis.

Heloísa Lazarini