25 de setembro de 2020
Campo Grande 36º 22º

Ministro da Economia

Guedes se desculpa após comparar servidores a “parasitas”

O ministro da Economia, Paulo Guedes, pediu desculpas após comparar servidores a "parasitas". O ministro se retratou nesta segunda-feira (10), por meio de uma mensagem enviada pelo WhatsApp a jornalistas. As informações são do jornal Estado de São Paulo.

Guedes se defendeu afirmando que sua fala foi retirada de contexto e que ele teria se expressado mal. Segundo o jornal, o ministro teria se referido na declaração aos servidores de "estados e municípios em casos extremos. Quando toda receita vai para salários e nada para a saúde, educação e segurança".

O texto que propõe uma reforma administrativa visa regular o desempenho funcional do servidor do Executivo da União e acabar com a estabilidade do serviço público, entre outras mudanças.

"O funcionalismo teve aumento de 50% acima da inflação. Tem estabilidade de emprego, tem aposentadoria generosa, tem tudo. O hospedeiro está morrendo, o cara virou um parasita. Dinheiro não chega no povo e ele quer aumento automático. Não dá mais", afirmou Guedes em evento da Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro, na sexta-feira (7).