20 de junho de 2021
Campo Grande 25º 13º

Jerson Domingos será indicado a concorrer a vaga do TCE com pelo menos 19 assinaturas

A- A+

O deputado estadual e presidente da assembleia legislativa de Mato Grosso do Sul Jerson Domingos (PMDB) já tem 19 assinaturas para a disputar a vaga do conselheiro do TCE (Tribunal de Contas do Estado), Cicero Antônio de Sousa, que se aposentou. Jerson ainda não declara que será o indicado, porém todos os deputados presentes hoje na assembleia (19), assinaram o documento de indicação. Todos os deputados podem se candidatar a vaga, mas precisam de pelo menos oito assinaturas de seus colegas para a disputa. Jerson explicou que “a vaga é da assembleia qualquer concorrente precisa ter oito assinaturas para poder fazer a sua inscrição e depois vai para análise da Comissão de Constituição e Justiça e aí o candidato pode se inscrever e concorrer”. Jerson ainda disse que existe uma certa vontade dos colegas em indica-lo ao cargo. “Há uma manifestação dos deputados, meus colegas, a minha família aqui na assembleia legislativa em relação a isso. Mas isso não parte de mim, tem que partir deles, se eles tomarem essa inciativa, com certeza eu vou fazer um agradecimento para todos e para mim é uma honra e uma satisfação muito grande se indicado for para o Tribunal de Contas e cuidar do meu Estado do meu Mato Grosso do Sul”, finalizou.O deputado Antônio Carlos Arroyo (PR) que também tem pretensões para o cargo no TCE e disse que vai esperar a próxima vaga, que será da indicação do governador. A vaga que possivelmente será aberta é a do conselheiro José Ricardo Pereira Cabral. O atual presidente do TCE pode se aposentar por problemas de saúde. “Minha vontade é ir para lá também. Tendo a vaga nós vamos tentar conversar com o governador, porque a próxima vaga do conselheiro que disse que vai se aposentar é do governador e espero, pela minha trajetória com o governador, eu espero que ele se lembre de mim”, disse Arroyo com desejo de ser indicado para a próxima vaga do TCE. Leide Laura Meneses