22 de maio de 2024
Campo Grande 28ºC

INFRAESTRUTURA

Mato Grosso do Sul tem 450 contratos de obras públicas de infraestrutura e logística

Obras emblemáticas que estão em execução, como a construção do Hospital Regional de Dourados e a implantação de rodovias cascalhadas no Pantanal.

A- A+

Pelo menos 450 contratos de obras públicas estão ativos na Seilog (Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso do Sul), afirmou o secretário da pasta, Hélio Peluffo, nesta terça-feira (9), em entrevista à Rádio Hora. Os investimentos estão acontecendo nas 79 cidades, em implantação de rodovias, execução de pavimentos urbanos, construção de hospitais e edificações de prédios da segurança pública.

Peluffo disse que tem recebido diariamente prefeitos no gabinete para alinhar esses e novos investimentos, que são lançados quase que semanalmente. “O governador Eduardo Riedel sempre diz: ‘pense as cidades, vá às cidades e converse com lideranças para que os investimentos atendam as necessidades das pessoas”, afirmou.

Ele citou obras emblemáticas que estão em execução, como a construção do Hospital Regional de Dourados e a implantação de rodovias cascalhadas no Pantanal.

“Há 26 anos não construíam hospital em Mato Grosso do Sul e hoje temos o hospital de Três Lagoas e o Hospital do Trauma (já entregues); e o Hospital de Dourados (em construção), que vai atender a população do Conesul e ajudar a desafogar a Capital. Além disso, temos a implantação de acessos dentro do Pantanal, como Porto Esperança, Porto Rolon e a MS-214, lá em cima, que vamos levar até Porto Jofre (MT) em mais uma ligação de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso”, detalhou.

Lembradas pelo secretário, outras importantes obras em execução são a Estrada do 21 (MS-345), que liga Bonito a Anastácio, encurtando em cerca de 40 quilômetros a viagem de Campo Grande à cidade do ecoturismo; e a MS-382, no trecho que sai de Guia Lopes da Laguna e segue até à região do Copo Sujo, em Antônio João. Segundo Peluffo, essas obras representam o “despertar econômico” para Mato Grosso do Sul, além de melhorar o ir e vir das pessoas.

As obras são tocadas pela Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), vinculada à secretaria.

Na conversa com os ouvintes da rádio, o secretário também destacou a atuação da Seilog na área de energia limpa, com a PPP (Parceria Público-Privada) da Centrais de Energia Fotovoltaica, que vai abastecer mais de 1.400 prédios públicos com energia solar, gerando economia de cerca de 35% nas contas de luz desses locais. 

Ele ainda ressaltou a atuação da pasta na área de habitação, realizada através da Agehab (Agência de Habitação Popular do Estado). “O Governo do Estado hoje está construindo quase 6.500 casas e o governador nos pediu um projeto robusto para os próximos quatro anos. Estamos discutindo e vamos apresentar esse projeto para ofertar algo novo”, declarou.

Segundo dados da Seilog, os contratos em andamento somam mais de R$ 4,6 bilhões de investimento.