24 de junho de 2021
Campo Grande 31º 19º

Mochi pretende limpar pauta para começar trabalhos com a "Casa em ordem"

Nas primeiras duas semanas, deputados deverão entrar em pauta oprojetos do governo anterior

A- A+

O novo presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi (PMDB), falou na manhã de hoje, após a sessão solene de abertura da 1ª sessão ordinária da Assembleia Legislativa, sobre a expectativa frente à presidência da Casa de Leis.

Mochi destacou que uma das principais atribuições da Assembleia é expressar os anseios da população, fazer a interlocução com governo, fiscalizá-lo, além de estabelecer parcerias e dar agilidade a ações e projetos.

O presidente disse que deverão entrar em pauta nas primeiras duas semanas de trabalho da Casa, os projetos que ainda não foram votados do governo anterior, para que dessa maneira se limpe a pauta e se inicie os trabalhos com a “Casa em ordem”.

“Antes do final do mês a Casa tem que estar em ordem, para depois começarmos a discutir as novidades e como iremos trabalhar”, garantiu.

Conforme explicou, na tarde de hoje haverá uma reunião entre os deputados para discutir “questões importantes”, como definiu.

Uma ação citada por ele seria a modernização do sistema de informática da Assembleia Legislativa, garantindo assim a transparência  da Casa, além é claro, de estudar a implantação da Lei da Transparência.

Além disso, amanhã durante sessão, deverão ser apresentados os líderes das bancadas e os nomes dos membros das comissões da Assembleia Legislativa, que não deverá se prolongar devido à visita da presidente Dilma Rousseff (PT) a Campo Grande.

CCJ: A Comissão de Constituição, Justiça e Redação deverá ter nomes que abriram mão de um lugar na Mesa Diretora, para ingressar nela. Mochi frisou que é importante, por ser uma das comissões de maior importância dentro da Casa, os deputados estejam comprometidos, já que ela exige do parlamentar estudo e aprofundamento técnico. Para dar segurança aos demais colegas referente a projetos, por exemplo.