24 de setembro de 2021
Campo Grande 36º 21º

INVESTIGAÇÃO | INTERIOR

MPE pede cassação de Prefeito Jair Scapini de Guia Lopes da Laguna

Tucano é acusado por compra de votos. Ele foi reeleito em 2020

A- A+

Reeleito Jair Scapini (PSDB), é acusado de compra de votos pelo Ministério Público Eleitoral e devido a isso o orgão pediu a cassação do tucano do cargo de prefeito em Guia Lopes da Laguna. 

O tucano venceu a eleição para o cargo em 15 de novembro desse ano, ocasião em que teria angariado 2.346 votos, o que correspondia a 41,26% dos votos válidos, contra 2.218 votos de Tico, do Patriota, 39,72%.

Nas eleições de 2016, Jair Scapini (PSDB) foi eleito com 55,34% dos votos. Antes, nas eleições de 2012, Scapini havia sido derrotado por Jacomo (MDB), que conquistava a reeleição. Ele declarou ter R$ 1,5 milhão em bens, conforme o TSE.  

Além de Scapini, figuram como requeridos na ação o vice-prefeito eleito Ademar Barros (PSDB), bem como o secretário municipal de Administração de Guia Lopes, Clarindo da Silva Pires.

Em despacho emitido em (10.dez.2020), a juíza da 22ª Zona Eleitoral de Jardim, Melyna Machado Mescouto Fialho, deu prazo de cinco dias para manifestação das defesas do prefeito reeleito e demais representados. Depois, o Ministério Público terá 48 horas para apresentar novo parecer.