18 de junho de 2021
Campo Grande 27º 15º

Olarte oferece "vantagens indevidas" para conseguir direção do PP, afirma Bernal

A- A+

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), cancelou as agendas do dia de hoje para ir a Brasília. Segundo a assessoria do senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP, possivelmente acontecerá uma reunião entre ambos, para ser discutido o comando do partido no Estado. Para o presidente estadual do partido e ex-prefeito, Alcides Bernal, é praticamente impossível que o comando seja modificado.

Olarte, desde que assumiu a prefeitura de Campo Grande, no lugar de Bernal, em março deste ano, afirma que o ex-prefeito deixará a presidência estadual do partido para que o professor e seu braço direito, Cézar Afonso a assuma, porém, em oito meses nada se consolidou. “Eu não acredito que isso aconteça, acredito na honestidade, há mais honestos do que desonestos. O PP não vai praticar essa atitude desleal e injusta, entregar partido para alguém que o traiu”.

Bernal disse ainda que em conversas com Ciro Nogueira, o presidente nacional afirmou que Olarte vai até Brasília oferecer “vantagens indevidas”, para que a atual direção seja mudada. "O Olarte roubou tudo  o que poderia roubar e não satisfeito, quer tirar o partido de mim, achando que vai acabar comigo. Ele não quer a direção do PP para ajudar a sigla, é somente para tirar das minhas mãos”.

Além disso, segundo Bernal, Olarte já foi expulso do Partido Progressista, mas entrou com uma ação para que a situação seja revertida. “Internamente, em decisão administrativa ele não pertence mais ao partido”.

Tayná Biazus