24 de outubro de 2021
Campo Grande 26º 23º

Pedra chama Siufi de “desequilibrado”, após vereador disparar contra Bernal

A- A+

O secretário municipal de governo e relações institucionais, Paulo Pedra repudiou a postura do vereador Paulo Siufi (PMDB) ao atacar o prefeito Alcides Bernal (PP) durante pronunciamento em tribuna na sessão desta quinta-feira (5), na Câmara Municipal.

De acordo com Pedra, Siufi foi deselegante e mal educado quando teceu críticas ao chefe do Executivo usando termos de baixo calão. “Esse ataque foi extremamente desnecessário. Isso mostra desequilíbrio do vereador. Ele pode até descordar do prefeito, mas não ofender com termos agressivos, até porque ele [ Paulo Siufi] já foi presidente de uma Casa de Leis, lamento muito que isso tenha acontecido”, disse.

O fato ocorreu, após o prefeito Alcides Bernal ter anunciado reajuste do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) de 9,57%. Como forma de demonstrar indignação ao aumento do tributo, Paulo Siufi atacou Bernal chamando-o de “safado e burro”.

Por outro lado, Paulo Pedra defendeu a correção do IPTU afirmando que o prefeito tem amparo legal para fazê-lo. “A formação dele [Paulo Siufi] não é jurídica, é médico. Existe uma decisão do STJ [Superior Tribunal de Justiça] consolidando na justiça que conforme o reajuste da inflação, o prefeito pode aumentar o IPTU por meio de decreto”, explica o secretario ressaltando que a medida do prefeito segue o IPCA-E (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial), corrigido pela inflação. 

Bernal anunciou que fará o reajuste sem a chancela dos vereadores, por meio de decreto. A atitude do prefeito provocou desavença na Câmara. Após pronunciamento na Câmara, Siufi disse ao MS Noticias que irá solicitar requerimento para que Bernal entregue a planta genérica à Casa de Leis para os parlamentares verificarem se está igual ao de 2014.