07 de maro de 2021
Campo Grande 30º 20º

Para Takimoto, secretário “prestou bom trabalho para Campo Grande”,

Considerado, por correligionários do PDT, figura com representatividade eleitoral, o secretário Municipal de Governo e Relações Institucionais da Capital, Paulo Pedra (PDT), tem recebido apoio do partido desde a confirmação da cassação do seu mandato, comunicado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) na última quarta-feira (17). 

Segundo deputado George Takimoto (PDT), independentemente da situação política do companheiro, Pedra seguirá, junto com demais filiados na batalha para que a legenda consiga maior número de candidatos nas eleições de 2016. “Sempre fui companheiro de Pedra e desejo que ele continue na vida pública apesar dos percalços que ele irá encontrar. Tenho certeza absoluta que ele prestou um bom trabalho para Campo Grande”, disse o pedetista durante encontro  partidário que reuniu  filiados da sigla em Campo Grande.

Paulo Pedra teve seu mandato cassado junto com outros dois vereadores, Delei Pinheiro (PSD) e Thais Helena (PT), em função de indícios de compra de votos, durante o pleito de 2012. “Ele foi alijado do processo político e tem certeza absoluta que ele irá recorrer. Ele é novo e irá continuar trabalhando, voltará para vida pública, Campo Grande, em Mato Grosso do Sul”, opina.

Filiação

O encontro que marcou início das articulações eleitorais  do ano que vem, serviu de termômetro para aquecer os trabalhos e agregar mais simpatizantes para o partido. “Hoje  tivemos dezenas de filiados, sindicalistas, advogados, pré-candidatos a prefeito  que irão fortalecer esse partido.  Dagoberto quer a prefeitura, assim como Mafuci [ Mafuci Kadri], que se filiou hoje, porém  o que irá direcionar as candidaturas serão pesquisas feitas a partir do ano que vem”, completa.