22 de maio de 2024
Campo Grande 24ºC

ELEIÇÕES 2022

Pesquisa PoderData: Lula tem 52% e Bolsonaro 48% de votos válidos

Petista consolidou liderança no Nordeste e o mandatário lidera no Sul e Centro-Oeste; A 18 dias do 2º turno

A- A+

Lula (PT) tem 52% e Jair Bolsonaro (PL) 48% de votos válidos – quando excluem-se os votos brancos e nulos. É o que mostra a Pesquisa PoderData realizada de 9 a 11 de outubro divulgada nesta terça-feira (12.out.22). A íntegra. 

Os políticos acima citados são os que disputam o cargo para presidente do Brasil no domingo (30.out.22), 2º turno das eleições 2022.  

A pesquisa foi realizada por meio de ligações para telefones celulares e fixos. Foram 5 mil entrevistas em 347 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 1,5 ponto percentual para um intervalo de confiança de 95%.

O registro no TSE é BR-09241/2022. O levantamento é de responsabilidade do PoderData e custou R$ 103.715,00 pagos com recursos do site Poder360. A íntegra dos custos.  

Por região a pesquisa mostra que os números são o seguinte: 

  • Sudeste: Bolsonaro tem 51% dos votos válidos e Lula, 49%  – situação de empate técnico;
  • Nordeste: Lula tem 64% dos votos válidos, Bolsonaro, 36%;
  • Sul: Bolsonaro tem 59% dos votos válidos, Lula, 41%;
  • Centro-Oeste: Bolsonaro tem 58% dos votos válidos, Lula, 42%.

Leia abaixo o desempenho dos 2 candidatos por sexo, idade, nível de escolaridade, região e renda familiar: 

O cientista político Rodolfo Costa Pinto, de 31 anos, coordenador do PoderData, disse que há 2 fatores que devem ser observados com mais atenção a partir de agora: os votos da região Sudeste (sobretudo em Minas Gerais) e a possível taxa de abstenção no Nordeste.

“No Nordeste, as taxas de abstenção do 1º turno não foram tão altas em alguns Estados. Mas sempre há uma tendência de aumento no 2º turno, como mostram os dados históricos. Isso poderia eventualmente prejudicar Lula, se o padrão de outras se repetir, claro. Já no Sudeste o presidente Bolsonaro venceu no 1º turno, está à frente e há sinais de que possa reagir em Minas Gerais, único Estado em que ficou atrás de Lula em 2 de outubro. Mas, em suma, o que se pode dizer com certeza é que a disputa hoje mostra uma aproximação dos 2 finalistas” , analisou. “Parece claro que o presidente Jair Bolsonaro realmente abriu uma distância confortável no Sul, com 59% contra 41% do ex-presidente Lula, considerando-se os votos válidos. No Nordeste, é o oposto, com Lula pontuando 64% e Bolsonaro ficando com 36%, também dos votos válidos” , observa o cientista político.

*Com Poder360.