22 de maio de 2024
Campo Grande 25ºC

GOVERNO FEDERAL

Presidente Lula aprova Lei que torna CPF documento único

Há um prazo de 24 meses para que os órgãos e as entidades façam as mudanças

A- A+

O presidente do Brasil Lula (PT) sancionou nesta 5ª.feira (11.jan.23) a Lei 14.534, que torna o CPF como número suficiente para identificação do cidadão nos bancos de dados de serviços públicos. A íntegra. 

Conforme o texto, o número de inscrição no CPF deverá constar dos cadastros e dos documentos de órgãos públicos, do registro civil de pessoas naturais ou dos conselhos profissionais.

Assim, a partir da vigência da lei, o CPF será usado como único número em certidões (nascimento, casamento e óbito), em identificações perante o INSS (NIT), na carteira de trabalho, na CNH, no título de eleitor, entre outros documentos.

A lei entra em vigor a partir de sua publicação e prevê 12 meses para que órgãos e entidades realizem a adequação dos sistemas e dos procedimentos de atendimento aos cidadãos para adoção do CPF como número de identificação.

Também há um prazo de 24 meses para que os órgãos e as entidades façam as mudanças para os sistemas e bases de dados trocarem informações entre si a partir do CPF.