05 de agosto de 2021
Campo Grande 28º 15º

PT e PSDB deverão ter candidaturas que não se hostilizem, afirma Zeca

A- A+

O vereador Zeca do PT avalia que a tentativa do senador Delcídio do Amaral de conseguir aval da executiva nacional do partido e da presidente Dilma Rousseff para formalizar um aliança com PSDB no Estado será em vão e acredita que a única opção que resta a tucanos e petistas é uma cooperação mútua durante as campanhas, mas cada um em seu palanque. "Acredito que caminhar ao lado do PSDB nesse momento significa que as candidaturas não irão se hostilizar, isso para nós é bom", afirma Zeca. O ex-governador do Estado avalia que o PSDB em Mato Grosso do Sul não deve ser encarado como um inimigo do PT regionalmente e que a rivalidade de ambos os partidos em relação ao PMDB é o fator fundamental para garantir essa não hostilidade. "Nós não temos o PSDB aqui como inimigos e tanto nós quanto eles temos como principal objetivo derrotar o PMDB e Nelsinho Trad", explica. Zeca fazia parte de uma corrente do PT sul-mato-grossense que defendia a aliança com os tucanos para fortalecer o Partido dos Trabalhadores na disputa contra seu maior adversário, o pré-candidato ao PMDB ao governo, Nelson Trad Filho. No entanto, as divergências nacionais de PT e PSDB têm se tornado maiores que as similaridades regionais e grande parte do PT de Mato Grosso do Sul já descartou a aliança com os tucanos. Heloísa Lazarini