20 de junho de 2021
Campo Grande 25º 13º

Puccinelli diz que Giroto voltará à Câmara de Deputados

A- A+

Após ser publicado no DOE (Diário Oficial do Estado), na manhã de hoje o pedido de exoneração do, até então, secretário de Obras do Estado, Edson Giroto, o governador, André Puccinelli (PMDB), falou sobre a questão.

Puccinelli participou na manhã de hoje de agenda política no município de Dourados – distante 225 quilômetros de Campo Grande – e aproveitou para minimizar uma possível crise com Giroto, considerado seu fiel companheiro.

A polêmica teve início, quando foi anunciada a aposentadoria do conselheiro do TCE (Tribunal de Contas do Estado), José Ricardo Pereira Cabral, na qual, a vaga que pertence ao executivo, tinha dois concorrentes, Giroto e o deputado estadual, Antônio Carlos Arroyo (PR). Puccinelli acabou indicando Arroyo, na última semana.

De acordo com o governador, Giroto, que estava licenciado do seu cargo de deputado federal, vai reassumir o mandato nos próximos dias. Sua vaga estava sendo ocupada pelo peemedebista Akira Otsubo, e deverá permanecer na legislatura até 31 de janeiro.

Puccinelli disse ainda que fez um pedido ao deputado federal, e governador eleito, Reinaldo Azambuja (PSDB), que renuncie ao mandato para que Akira permaneça em Brasília até o último dia.  “Já fiz o pedido através do filho do Reinaldo Azambuja,e até o dia 22 essa questão estará resolvida”, finalizou.

Tayná Biazus