14 de junho de 2024
Campo Grande 31ºC

Reinaldo autoriza adiantamento de duodécimo a Assembleia

A- A+

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) autorizou no final da tarde o adiantamento do repasse do duodécimo à -Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul para garantir o pagamento dos servidores da casa de Leis.

Segundo o governador, a Assembleia recebia até dezembro de 2014, R$ 2,4 milhões, e agora em janeiro o valor aumentou para R$ 2,9 milhões, o que, de acordo com chefe do executivo estadual, está acima do previsto por lei. Reinaldo explicou que ele e a equipe da Secretaria de Estado de Fazenda não tinham conhecimento de que o valor não havia sido recolhido. O governador criticou a gestão anterior por não ter deixado dinheiro em caixa, contrariando o que o ex-governador André Puccinelli (PMDB) divulgou até o último dia de mandato.

"Não sabíamos que não havia sido recolhido  o necessário. Ontem fui procurado pelo primeiro secretário da Assembleia que pediu se era possível adiantar o pagamento. Ontem mesmo autorizei o Márcio Monteiro a efetuar o repasse pelo menos referente ao pessoal", disse Reinaldo

Diante das "surpresas" deixadas pela gestão anterior, Reinaldo anunciou já ter solicitado ao secretário de fazenda, Márcio Monteiro, que providencia uma relação dos recursos em caixa, pois segundo Reinaldo, o dinheiro para continuidade de diversas obras não foi localizado. "Vamos fazer essa relação de tudo que hvia de recursos entre os dias 31 e 01 de janeiro para entregar à imprensa, incluindo o que ficou para pagar e quais compromissos não foram saldados", explicou.

De acordo com governador, ao contrário do que dizia seu antecessor, o caixa "está vazio". "Muito se falou que seria deixado dinheiro das obras, mas hoje tem obras, mas não há dinheiro. Vamos mostrar as obras e o caixa do governo como ficou", finaliza

Heloísa Lazarini e Tayná Biazus