15 de junho de 2024
Campo Grande 30ºC

Sem Prefeitura, Olarte também fica sem "ADNA"

A- A+

O ex-prefeito de Campo Grande, afastado por determinação judicial, Gilmar Olarte, sofreu hoje mais uma derrota judicial.

Olarte, que é pastor e fundador da igreja ADNA do brasil com sede na Capital, está proibido de usar logotipo da igreja ADNA assim como seu nome.

A igreja ADNA (Assembleia de Deus Nova Aliança) foi fundada em em 2002 e Cuiabá, já a igreja de Olarte em Campo Grande, foi criado em sete anos depois com nome ADNA do Brasil, porém o pastor Gilmar Olarte utilizou além do nome ADNA a mesma fonte de letra e o mesmo logotipo, duas alianças entrelaçadas, acrescentando apenas um mapa do Brasil atrás das alianças.

Para garantir a identidade da logomarca da igreja ADNA, os representantes legais da instituição notificaram Gilmar Olarte em 2010 solicitando que ele alterasse nome e logotipo, porém como o pastor se recusou a acatar pedido, a ADNA ingressou com uma ação na justiça.

Hoje, a juíza da 2ª Vara Cível, Sílvia Eliane Tedardi da Silva, determinou a proibição do uso do logotipo assim como proibiu Olarte utilizar marca ADNA e logotipo em qualquer meio de comunicação e publicidade, seja, escrito, falado, mídia eletrônica, banners, letreiros, banners  e outdoors. A fachada do prédio também deverá ser refeita sem logo da ADNA, e o prazo para mudanças é de 48 horas.