08 de maio de 2021
Campo Grande 26º 13º

Política

Tiradentes: no dia do patrono das polícias, Governo destaca investimentos na segurança

A- A+

No dia que se comemora o Feriado de Tiradentes, que é o patrono das policias brasileiras, o Governo do Estado destaca os investimentos na Segurança Pública de Mato Grosso do Sul desde 2015, com a compra de viaturas, armamentos e equipamentos de proteção, assim como a reestruturação das unidades e promoções dos servidores.

A Segurança Pública é prioridade desde o início da atual gestão e as ações continuaram apesar da pandemia do coronavírus. Além dos recursos próprios do Estado, somente neste ano já foram garantidos R$ 43,1 milhões para o setor advindos do Ministério da Justiça.

No começo do ano (fevereiro) foram entregues 127 novas viaturas para a Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros; e a previsão é de chegar a 590 veículos até o final do ano, para fortalecer o combate à criminalidade. No ano passado todos os municípios foram contemplados com mais de 300 utilitários. De 2015 a 2019 foram entregues 742 viaturas.

Obras

Também houve investimentos em obras. Além da reforma de delegacias no Estado, segue em andamento, por exemplo, a construção da sede do 5º Batalhão da Polícia Militar, em Coxim, em um investimento de R$ 3,2 milhões, que vai beneficiar ainda as cidades vizinhas, como Rio Verde, Pedro Gomes, Sonora e Alcinópolis.

Na lista ainda aparece a construção da nova sede do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), em Dourados. O prédio que terá 1.434 m², será erguido em um terreno de 17.400 m², em investimento de R$ 5,1 milhões, com recursos do Estado, em um moderno complexo policial, que vai abrigar as estruturas administrativas e operacionais do departamento.

Na Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) está em andamento as licitações para obras de ampliação de presídios que vão abrir mais de 900 vagas nas cidades de Campo Grande, Paranaíba, Naviraí, Dois Irmãos do Buriti e Nova Andradina, em um investimento superior a R$ 31 milhões.

Promoções

Os servidores das forças de segurança também foram contemplados com promoções e progressões nas carreiras. Desde 2015 cerca de 5.285 policiais militares passaram por cursos de formação no Estado, com especialização e aperfeiçoamento das atividades. Nesta semana inclusive houve a formatura de 254 novos sargentos, que tiveram ascensão profissional.

O governador Reinaldo Azambuja adiantou que já no começo de maio haverá a formação de mais 650 novos policiais e bombeiros militares e mais 260 policiais civis. Estão programadas mais de 1.092 promoções apenas neste ano.

Dentro desta política de valorização dos servidores, a Polícia Civil teve nos últimos seis anos 3.326 promoções, com a posse de 260 novos servidores concursados. Estas progressões nas carreiras contemplaram vários cargos da Polícia Civil, entre eles os delegados, peritos oficiais, peritos papiloscopistas e agentes da polícia judiciária e científica.

Também houve ampliação dos agentes penitenciários, com a contratação de 858 novos profissionais, que é considerado o maior da história do Estado. Após a realização de concurso para categoria, as nomeações começaram em abril de 2017, com 200 novos agentes, tendo as primeiras nomeações em 2017, seguindo com novas chamadas nos anos seguintes.

REDUÇÃO DE CRIMES 

Os investimentos efetivos em Segurança Pública refletiram em dados positivos ao Estado, com a redução dos crimes neste primeiro trimestre de 2021, comparado ao mesmo período do ano passado.

Segundo os dados da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), houve queda de 14,7% no número de homicídios no Estado e 12,5% nos casos de feminicídios. Também caiu em 32% as ocorrências de roubos e 11,9% nos casos de furtos, chegando a redução de 22,3% neste quesito em relação aos furtos de veículos.

Ainda houve aumento na apreensão de drogas no Estado, com crescimento de 179% neste trimestre, que chegou a 136.176,1 quilos de entorpecentes retirados de circulação de janeiro a março pelas forças de segurança do Estado.

"Fizemos esta reestruturação da Segurança Pública, em um trabalho de respeito e reconhecimento. Isto reflete nos números que temos colhidos, diminuindo mais uma vez todos os indicadores de homicídios, roubos, furtos e feminicídios, com recordes de apreensões de drogas. Mostra o bom trabalho desenvolvido", afirmou o governador Reinaldo Azambuja.