22 de maio de 2024
Campo Grande 24ºC

MINISTROS DE LULA

Vander Loubet celebra Paulo Teixeira no Ministério do Desenvolvimento Agrário

Texeira chefiará importante pasta para Mato Grosso do Sul

A- A+

Paulo Teixeira, escolhido por Lula (PT) na 5ª.feira (29.dez.22) para o cargo de ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), é  motivo de comemoração para os sul-mato-grossenses, diz o deputado federal reeleito Vander Loubet (PT-MS).

"Para nós, a escolha do nome do Paulo Teixeira para ministro do Desenvolvimento Agrário é motivo de comemoração. Primeiro, porque é o retorno do MDA, que é uma pasta que teve grande importância para o desenvolvimento da agricultura familiar no Brasil. Segundo, por conta da proximidade que tenho com o Paulo, que além de colega de bancada na Câmara participa da mesma corrente interna do PT que eu", avaliou Vander Loubet, que almoçou com o ministro indicado logo após a solenidade onde Lula anunciou o nome de Teixeira e de outras 15 indicações ministeriais.

A  3ª gestão petista terá início na 2ª.feira (2.jan.23) e uma das medidas já apresentadas por Teixeira será a revisão da política de agrotóxicos, visto que durante o governo de Jair Bolsonaro (PL), houve uma liberação geral de veneno na mesa do povo. “Eu acho que tanto Ministério da Agricultura, quanto do Desenvolvimento Agrário tem que revisar a política de agrotóxicos. Foi altamente permissiva. O que existe hoje é todo tipo de veneno ali. Vamos revisitar juntos”, disse nesta 6ª Teixeira.

Para Vander, com Teixeira na pasta, o Meio Ambiente, a economia e as famílias do campo serão contempladas.  "O ministro Paulo Teixeira, através do MDA, vai comandar uma rede de instituições, que inclui, por exemplo, o Incra — essencial na reforma agrária — e a Conab — que atua principalmente na regulação dos preços dos alimentos. Essa rede esteve abandonada nos últimos quatro anos e com a sua reativação vamos poder trazer de volta as políticas públicas que incentivam e apoiam os assentados da reforma agrária, os quilombolas e os pequenos produtores", afirmou Vander.

Reeleito em 2022, Vander disse que iniciará seu sexto mandato consecutivo e na coordenação da bancada federal a partir de 2023, aposta na união de esforços para incrementar o setor em Mato Grosso do Sul. "Vamos defender mais recursos para a agricultura familiar. Graças a nossa atuação, principalmente minha e do Zeca do PT, esse setor ganhou visibilidade em Mato Grosso do Sul a partir de 2015. Além de emendas individuais, conseguimos emendas de bancada, recursos que foram turbinados por meio de acordo com o Reinaldo Azambuja. Queremos dar prosseguimento a essa parceria com o Eduardo Riedel, sendo um elo entre o Estado e o presidente Lula e auxiliando não apenas a agricultura familiar, mas todas as áreas estratégicas para o desenvolvimento regional", concluiu.

Lula e Paulo Teixeira, futuro Ministro do Desenvolvimento Agrário. - O Presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva anuncia os nomes de mais 16 Ministros e Ministras de Estado. Foto: Ricardo Stuckert   Lula e Paulo Teixeira, futuro Ministro do Desenvolvimento Agrário. - O Presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva anuncia os nomes de mais 16 Ministros e Ministras de Estado. Foto: Ricardo Stuckert   

Texeira integrou o pelotão dos últimos nomes anunciados na 5ª.feira para compor a equipe de Lula. Além dele, foram anunciados ontem: 

  • O chefe da Secretaria de Comunicação: Paulo Pimenta;
  • Agricultura: Carlos Fávaro;
  • Integração Nacional: Waldez Góes;
  • Pesca e Aquicultura: André de Paula; e, 
  • Gabinete de Segurança Institucional: Gen. Gonçalves Dias.

Os sul-mato-grossenses estão bastantes representados no governo Lula. Além desse nome próximo de Vander, foram indicados para os ministrérios de Lula: Simone Tebet, senadora (MDB) e advogada, que comandará o Planejamento e Cida Gonçalves, que chefiará o Ministério da Mulher. Cida também é amiga de Vander, isso pode abrir as portas para grandes empreendimentos do governador eleito Eduardo Riedel (PSDB). 

Reunião da bancada do  PT com o futuro Ministro do Desenvolvimento Agrário Paulo Teixeira nesta 6ª.feira (30.dez.22). Foto: ReproduçãoReunião da bancada do PT com o futuro Ministro do Desenvolvimento Agrário Paulo Teixeira nesta 6ª.feira (30.dez.22). Foto: Reprodução

QUEM É PAULO TEIXEIRA? 

Natural de Águas de Prata, no interior de São Paulo, Teixeira, tem 61 anos, está no quarto mandato como deputado federal. Formado em Direito pela Universidade de São Paulo (USP), ele foi deputado estadual nos anos 1990 e vereador, em São Paulo.

Antes de assumir o cargo na Câmara Municipal da capital paulista, também atuou como Secretário Municipal de Habitação e Desenvolvimento Urbano, entre 2001 e 2004, e presidiu a Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo (Cohab), entre 2003 e 2004, durante a gestão da então prefeita Marta Suplicy.

Filiado ao PT desde os anos 1980, Teixeira concluiu o ensino médio nos Estados Unidos e posteriormente foi monitor da Fundação do Bem-Estar do Menor, a antiga Febem, casa de detenção para adolescentes infratores.