08 de agosto de 2020
Campo Grande 31º 17º

Vereador aponta erros de secretários de Bernal

Diana Christie

O vereador Chiquinho Telles (PSD) afirma que o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), deve fazer uma reforma em seu secretariado, pois diversos erros técnicos têm prejudicado a sua administração. “Precisaria de uma reestruturação em todas as secretarias”, defende.

Segundo o vereador, faltam planejamento e habilidade nas ações dos secretários. “Não quero dizer que estejam mal intencionados. Acho que estão agindo com incompetência”, explica. Para exemplificar, o vereador cita as obras na avenida Guaicurus que foram suspensas hoje por problemas com as licitações da obra. “Tudo que começa errado, dá errado”, conclui.

Para o vereador, tem sido o governo do “não sei, não vi” e mais informações sempre estarão à disposição em breve. “Como é dono de uma pasta e não sabe?”, indaga.  Chiquinho Telles afirma ainda que apenas o secretário de Infraestrutura, Transporte e Habitação, Semy Ferraz, tem feito um bom trabalho.

“O Ivandro [Fonseca] é esforçado, mas não é médico. Ele é administrador de empresas. Precisaria de um médico para o cargo”, diz sobre o secretário de saúde. Sobre a pasta de educação, Chiquinho é categórico: “[José] Chadid conseguiu estragar o que estava bom”.

 O vereador cita ainda a secretária de assistência social, Thaís Helena, que, segundo ele, não realizou nenhum projeto novo dentro da pasta. Quanto à diretora-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Katia Castilho, Chiquinho defende que ela está sem uma equipe técnica e sem recursos para realizar um trabalho de qualidade.