22 de abril de 2021
Campo Grande 29º 18º

PROTESTO

Vídeo: mulher leva tiro no peito durante invasão do Congresso nos EUA

Capitólio é o epicentro de protestos violentos pró-Donald Trump nesta terça-feira (6/1). Há relatos de manifestantes armados

A- A+

Uma mulher ficou gravemente ferida, nesta terça-feira (6/1), durante a invasão de manifestantes pró-Donald Trump ao Capitólio, em Washington. O momento foi registrado em vídeo (veja mais abaixo).

<blockquote class="twitter-tweet"><p lang="pt" dir="ltr"><a href="https://twitter.com/hashtag/URGENTE?src=hash&amp;ref_src=twsrc%5Etfw">#URGENTE</a>: Mulher é baleada no pescoço dentro do <a href="https://twitter.com/hashtag/Capit%C3%B3lio?src=hash&amp;ref_src=twsrc%5Etfw">#Capitólio</a>, nos EUA<br><br>*O vídeo contém cenas fortes*<a href="https://twitter.com/hashtag/USA?src=hash&amp;ref_src=twsrc%5Etfw">#USA</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/Capitol?src=hash&amp;ref_src=twsrc%5Etfw">#Capitol</a><a href="https://twitter.com/hashtag/Trump?src=hash&amp;ref_src=twsrc%5Etfw">#Trump</a> <a href="https://t.co/lqz1BLz9Jr">pic.twitter.com/lqz1BLz9Jr</a></p>&mdash; AleX ConServaDor® (@AlexConservador) <a href="https://twitter.com/AlexConservador/status/1346919013218017280?ref_src=twsrc%5Etfw">January 6, 2021</a></blockquote> <script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>

Informações apontam que a vítima teria sido baleada no peito. A CNN norte-americana falou com dois familiares da mulher. Os primeiros relatos, porém, assinalavam que ela tinha sido atingida no pescoço. A polícia dos EUA ainda não se posicionou sobre o ataque.

A capital dos Estados Unidos, assim como outras regiões do país, tem sido alvo de intensos protestos organizados por apoiadores de Trump. Relatos dão conta de manifestantes armados e em confronto com a polícia norte-americana. Pelo menos, duas pessoas foram presas.

Em função da alta insegurança, o governo local de Washington decretou toque de recolher às 18h. O ato ocorre no dia de certificação de vitória do presidente eleito Joe Biden. A cerimonia era realizada no Capitólio, mas foi suspensa após a invasão.

A certificação é último passo para reafirmar a vitória de Biden no Colégio Eleitoral e começou na tarde desta quarta-feira (6/01). Nesse caso, a Câmara e o Senado se reunirão para a contagem e certificação dos votos, com um resultado de 306 para Biden e 232 para Donald Trump.