22 de maio de 2024
Campo Grande 23ºC

ELEIÇÕES 2022

Vídeo: Paulo Gustavo 'previu' reação de Roberto Jefferson a prisão

Crítico, artista resumiu a classe média brasileira e a alta classe na personagem moradora do Leblon

A- A+

O nome do humorista Paulo Gustavo foi parar na trending topics do Twitter no Brasil nesta segunda-feira (24.out.22), após milhões de internautas compararem uma esquete (cena rápida) feita pelo humorista há 1 ano, com a reação do Bolsonarista, Roberto Jefferson (PTB), preso pela Polícia Federal (PF) ontem (23.out.22) no interior do Rio de Janeiro.

A personagem criada por Paulo era a “Senhora dos Absurdos”, exibida em 2020 no programa 220 Volts do canal de TV Paga, Multishow.

De acordo com apurado, a “Senhora dos Absurdos” apareceu a primeira vez na TV no episódio 6 do programa  “Vai que Cola”, também no Multishow. 

Entretanto, o personagem nasceu no teatro. Paulo, crítico como era, resumiu a classe média brasileira e a alta classe na personagem de uma mulher hetera, ensandecida que vivia destilando seus preconceitos num condomínio de luxo do Leblon (bairro no Rio de Janeiro).

Por ter alto poder aquisitivo, a personagem achava que era privilegiada ante a justiça e isso lhe dava o direito de fazer o que quissesse.

Porém, na esquete, a felicidade dela é interrompida quando é montado um cerco a sua mansão, “Senhora dos Absurdos” esbraveja aos policiais pela sacada que “tem porte de arma”, saca duas pistolas e efetua diversos tiros para o alto. 

Militante com porte de armas, conservadora e preconceituosa, esse era o biotipo de “Senhora dos Absurdos”. “Sou cidadã de bem, bem rica, hetero, branca. Estou toda certa”, diz a mulher, que também é contra direitos trabalhistas. Eis o vídeo:

Paulo Gustavo faleceu aos 42 anos, em maio de 2021, vítima da Covid-19. O humorista usava o aparelho ECMO, uma espécie de pulmão artificial para auxiliar no tratamento.