19 de maio de 2024
Campo Grande 20ºC

INTERNACIONAL

Vladimir Putin e Lula ao telefone

Kremlin comentou o contato

A- A+

O presidente eleito Lula (PT) usou suas redes sociais, nesta 3ª.feira (20.dez.22), para anunciar que manteve contato telefônico, por cerca de 30 minutos, com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, que o parabenizou por sua vitória nas eleições deste ano.

“Conversei hoje com o presidente russo Vladimir Putin, que me cumprimentou pela vitória eleitoral, desejou um bom governo e o fortalecimento da relação entre nossos países. O Brasil voltou, buscando o diálogo com todos e empenhado na busca de um mundo sem fome e com paz”, postou Lula. Eis o post: 

Em comunicado, o Kremlin comentou o contato: “Em conversa telefônica com o presidente eleito da República Federativa do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente da Federação da Rússia, Vladimir Putin, parabenizou-o pela vitória eleitoral, e nas vésperas de sua posse oficial — marcada para 1º de janeiro de 2023 — desejou-lhe sucesso nas atividades públicas”.

Putin e Lula conversaram sobre a possibilidade de se encontrarem em algum evento internacional em 2023. O presidente russo afirmou que receberá o brasileiro em Moscou quando ele quiser ir.

Putin disse, ainda, que a Rússia será representada na posse de Lula por Valentina Matvienko, presidente do Conselho da Federação russa.

Durante a conversa, ambos expressaram confiança de que a parceria estratégica entre Moscou e Brasília se desenvolverá com sucesso, a partir de 2023.

CONFIANÇA EM COOPERAÇÃO ESTRATÉGICA MÚTUA

“Ambas partes expressam sua confiança em que a cooperação estratégica russo-brasileira seguirá se desenvolvendo com êxito em todos os âmbitos, assim como a cooperação na cena internacional, inclusive no marco do grupo BRICS”, acrescentou o comunicado russo.

Em entrevista à Sputnik, em agosto de 2022, o ex-ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, afirmou que Lula não só foi responsável pela projeção do BRICS como foi um de seus criadores, e que no novo mandato do petista, “o bloco terá muita importância”.

Lula esteve na Rússia durante seus dois mandatos, a primeira vez em 2005 e depois em 2010.

Fonte: Revista Fórum.