28 de fevereiro de 2024
Campo Grande 24ºC

Decepção no Pré-Olímpico: Brasil é derrotado pela Argentina e está fora dos Jogos

A- A+

Em uma campanha marcada por dificuldades e um desempenho aquém do esperado, a seleção brasileira masculina de futebol viu seu sonho olímpico se esvair após uma derrota decisiva contra a Argentina no Pré-Olímpico realizado na Venezuela. Sob o comando de Ramon Menezes, o time enfrentou um caminho repleto de obstáculos, incluindo cortes, a difícil liberação de jogadores e lesões, mas foi a ausência de um padrão tático consistente que mais pesou contra a equipe.

A trajetória do Brasil no quadrangular final foi turbulenta, com uma derrota para o Paraguai e uma vitória sofrida contra a anfitriã Venezuela. A esperança de classificação ainda persistia, dependendo de um empate contra a seleção argentina, mas o resultado positivo não veio. Com apenas três pontos conquistados, a equipe brasileira terminou sua participação, enquanto a Argentina avançou com cinco pontos. A outra vaga para os Jogos Olímpicos ainda estava em disputa, dependendo do resultado do jogo entre Paraguai e Venezuela.

O primeiro tempo do jogo decisivo contra a Argentina foi marcado pela cautela. A ausência de John Kennedy entre os titulares impactou a ofensividade brasileira, limitando as chances de gol. A seleção conseguiu, no entanto, manter um equilíbrio defensivo que controlou parcialmente as ações do jogo, apesar de um lance perigoso em cobrança de falta de Thiago Almada, que acertou a trave.

A entrada de John Kennedy no segundo tempo revitalizou momentaneamente o ataque brasileiro, criando duas oportunidades claras de gol. No entanto, a Argentina manteve a pressão em busca da vitória, que veio com um gol de Gondou, aproveitando uma falha defensiva brasileira após cruzamento de Barco. Desesperada por reverter o placar, a seleção brasileira não conseguiu encontrar a inspiração necessária para mudar o rumo do jogo.

A eliminação da seleção brasileira do Pré-Olímpico é um duro golpe para o futebol nacional, que terá que refletir sobre os erros cometidos e trabalhar para superar as deficiências evidenciadas durante o torneio. A falta de um jogo coletivo eficaz e a incapacidade de superar os desafios impostos pelas circunstâncias destacam a necessidade de revisões estratégicas e técnicas para futuras competições internacionais.

FICHA TÉCNICA

Brasil 0 x 1 Argentina

Local: Estádio Brigido Iriarte (Libertador, Venezuela)

Data/Hora: 11/2/2024, às 17h30 (de Brasília)

Árbitro: Cristian Garay (CHI)

Assistentes: Miguel Rocha e Juan Serrano (CHI)

VAR: Leodan González (URU)

Cartões amarelos: Rikelme, Endrick, Bruno Gomes (BRA); Santiago Castro, Barco (ARG)

Gols: Gondou, 33'/2ºT (0-1)

Brasil: Mycael, Khellven, Arthur Chaves, Lucas Fasson e Rikelme (Giovane); Andrey, Alexsander, Gabriel Pirani (Bruno Gomes), Mauricio (Gabriel Pec) e Biro (John Kennedy); Endrick (Marquinhos). Técnico: Ramon Menezes

Argentina: Leandro Brey, Gonzalo Luján, Marco Di Césare (Garcia), Nicolás Valentini e Valentín Barco; Juan Sforza, Ezequiel Fernández, Cristian Medina (Echeverri), Thiago Almada e Santiago Castro (Solari); Luciano Gondou. Técnico: Javier Mascherano

Fonte: Esportes