27 de maio de 2024
Campo Grande 15ºC

FUTEBOL | GOVERNO

No lançamento do Estadual 2023, Riedel garante parceria para fomentar o esporte

Realizado na noite de segunda-feira (17) em Campo Grande, o evento reuniu dezenas de dirigentes do futebol sul-mato-grossense

A- A+

"O Estado sempre será parceiro do futebol sul-mato-grossense, ao menos enquanto a gente estiver à frente do Governo". Foi com essa frase que o governador Eduardo Riedel garantiu, na festa de lançamento do Campeonato Estadual 2023, o apoio para que os clubes locais participem da competição e fomentem o esporte.

Realizado na noite de segunda-feira (17) no Nativas Grill, em Campo Grande, o evento reuniu dezenas de dirigentes do futebol sul-mato-grossense e secretários de Estado, além de cronistas esportivos de diversos municípios.

Segundo ato público de Riedel como governador, o lançamento ocorre faltando uma semana para o início do torneio, que começa domingo (22) contando com 10 equipes, divididas em dois grupos de cinco times, cada. Na primeira fase, os clubes se enfrentam em partidas de ida e volta, dentro de suas respectivas chaves.

Os quatro melhores colocados passam para as quartas de final, iniciando o mata-mata, enquanto o último colocado é rebaixado para a segunda divisão. Participam este ano do campeonato Operário, Comercial, Serc (Chapadão do Sul), Costa Rica, Ivinhema, Coxim, Dourados, Aquidauanense, Operário Atlético (Caarapó) e Novo (Sidrolândia).

Durante o evento, foi firmado o convênio entre Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul) com a FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) para o repasse de R$ 1 milhão para o custeio de viagens, arbitragem e uniformes.

"Essa ação vi acontecer em 2015, então com o governador Reinaldo Azambuja, que retomou esse apoio importante. Quando cheguei aqui ao evento, passou um filme na minha cabeça, daquele momento até hoje. Agradeço aos que fazem o dia a dia do futebol acontecer e sabemos o quão difícil é esse trabalho", destaca o governador.

Riedel completou sua fala afirmando ainda que é comum ouvir críticas sobre o apoio realizado, mas que esse apoio não pode cessar. "Dizem que mão tem jeito, mas eu penso que tem jeito sim, e é por causa da batalha em conjunto. Esse tipo de trabalho fez o esporte de Mato Grosso do Sul ganhar outra dimensão".

Finalizando a fala, o governador também destaca que é importante ajudar os clubes que se destacam e vão participar de competições nacionais, afinal, uma vitória em disputas como a da Copa do Brasil podem mudar o ano todo do clube.

"Faz toda diferença. Se houver esse suporte, esse empurrãozinho, podemos fazer a diferença para o esporte e para o futebol. A mensagem que deixo é que devemos retomar o protagonismo. Vocês é que mantém o futebol de pé e o Estado garante que vai fazer o seu trabalho, que é o de apoiar as ações na área do esporte", diz Eduardo Riedel.

Visão humana

Titular da Setescc (Secretaria de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania), Marcelo Miranda ressaltou em seu discurso a experiência adquirida nos oito anos de comando da Fundesporte, até o ano passado, que o possibilitou ter uma visão mais transversal das ações do Governo e um olhar mais humano desses processos.

"Tudo o que foi construído no esporte recentemente se deve muito ao atual governador. Agora assumindo a Setescc, percebo claramente essa visão humana que ele tem de metas, que serão aplicadas nesse novo Governo. A Setescc é a pasta que valoriza a cultura, turismo, esporte e cidadania com essa visão humana e de transversalidade", frisa.

Miranda completa a fala destacando o apoio contínuo oferecido ao futebol e a necessidade de dividir o momento da assinatura com todos os colegas de Governo que ajudaram a construir tais ações. "É um apoio sistemático que paga despesas de hospedagem, alimentação, taxa de arbitragem e todo o material esportivo dos clubes".

Quem também falou com o público em palavra oficial foi o diretor-presidente interino da Fundesporte, Silvio Lobo Filho, que destacou as ações promovidas pela pasta "sobretudo para promover o processo de desenvolvimento do futebol".

Pedra fundamental

 

Assinando pela Federação de Futebol, o presidente da entidade, Francisco Cezário de Oliveira, também aproveitou o momento para discursar e agradecer pelo apoio. "Estão aqui todos que fazem o futebol de Mato Grosso do Sul", disse, completando.

"Não é novidade para nossos dirigentes esse apoio, pois o senhor sempre foi uma pedra fundamental nesse processo. Estamos felizes de estar aqui hoje contigo", destaca Cezário em fala dirigida em especial ao governador Eduardo Riedel.

Representando os presidentes dos 10 clubes participantes do campeonato, o ex-presidente do Operário e atual presidente do Conselho Deliberativo do clube, Estevão Petrallás, fez questão de relembrar que o Estado sempre fez sua parte com o incentivo financeiro, pagando despesas básicas das equipes, e também destacou a importância disso para a modalidade. "O futebol é o maior instrumento de inserção social que existe".

 

Além dos já citados, estavam presentes ainda no evento de lançamento do Estadual e assinatura do termo de cooperação entre Fundesporte e FFMS os secretários estaduais Pedro Caravina (Governo e Gestão Estratégica) e Eduardo Rocha (Casa Civil), além da secretária-adjunta da Setescc, Viviane Silva, do controlador-geral do Estado, Carlos Eduardo Girão, e do presidente da MS Gás, Rui Pires dos Santos.

Representando Câmara Municipal de Campo Grande e Assembleia Legislativa de mato Grosso do Sul, participaram do evento o deputado estadual Herculano Borges, os vereadores Zé da Farmácia e João César Mattogrosso - este último deputado estadual eleito. Também ali esteve o prefeito de Costa Rica, Cleverson Alves dos Santos.

Nyelder Rodrigues, Comunicação do Governo de MS

Fotos: Bruno Rezende