23 de abril de 2021
Campo Grande 31º 19º

Paraolímpiadas

Terezinha Aparecida Guilhermina a maior medalhista da história é brasileira

A- A+

A maior medalhista paraolímpica da história do Brasil é mineira, natural de Betim. Terezinha Aparecida Guilhermina nasceu em uma família humilde em março de 1978, com uma doença genética nos olhos chamada retinose pigmentar, que provoca, aos poucos, a perda da visão. Outros quatro dos doze irmãos de Terezinha também têm deficiência visual.

Antes de ser atleta, Terezinha estudou e fez um curso de de Técnicas em Administração. Hoje, ela faz faculdade de Psicologia.

A recordista entrou no mundo dos esportes praticando natação. A irmã de Terezinha Evania de Jesus, que trabalhava como empregada doméstica, deu o primeiro tênis que a incentivou a entrar para o mundo das corridas. Ela tem dois irmãos, Pedro Guilhermino e Sirlene Guilhermino, que também são atletas.

Em 2011, ela ganhou o prêmio de Atleta Paralímpica do Ano. Hoje, ela está entre os principais nomes do atletismo mundial.

Nessas Paralimpíadas de Londres, ao lado do guia Guilherme Soares de Santana, Terezinha completou a prova de 200m rasos em 24s82, quebrando seu próprio recorde e conquistando a medalha de ouro.

Nas Paralimpíadas Pequim, na China, quatro anos atrás, ela ganhou além do ouro nos 200m, outras duas medalhas, sendo uma de prata e uma de bronze. Nos Jogos de Atenas, na Grécia, em 2004, ela conquistou uma medalha de bronze. A velocista também tem várias medalhas em outras competições de atletismo.