24 de julho de 2024
Campo Grande 31ºC

VILA NASSER

Irmão é preso após irmã denunciar estupro de cadela na Capital

'Ela mencionou que há meses suspeitava dos abusos devido aos choros noturnos e ao comportamento assustado do animal'

A- A+

Um homem de 50 anos foi preso em flagrante por zoofilia na quarta-feira (19.jun.24) pela Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista (Decat). Em depoimento, ele afirmou ter abusado sexualmente de sua cadela "por bobeira" após fumar maconha. Ele alegou que cuida bem do animal, que possui há dois anos, fornecendo comida e água. O crime aconteceu numa casa na Vila Nasser, em Campo Grande (MS). 

A denúncia foi feita por sua irmã, de 61 anos, que encontrou a cadela mancando e sangrando. Ela descobriu um preservativo com sangue na varanda, usado pelo irmão durante o crime. A irmã relatou à polícia que o homem é usuário de drogas e está desempregado. Ela também mencionou que há meses suspeitava dos abusos devido aos choros noturnos e ao comportamento assustado do animal.

O homem, que já respondeu a processos por estupro de vulnerável e furto qualificado, disse à polícia que confessou o crime por arrependimento. Ele será apresentado em audiência de custódia nesta sexta-feira (21). 

A pena por zoofilia pode chegar a seis anos de prisão. A Perícia Científica foi acionada e a cadela foi levada ao Hospital Veterinário da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul para exame de corpo de delito. O estado de saúde do animal não foi divulgado.