26 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

CORONAVÍRUS

Baixo isolamento faz aumentar casos de Covid-19 em MS

Na sexta-feira (17.abril) apenas 42,2% das pessoas se mantiveram em casa

A baixa adesão do sul-mato-grossense ao isolamento social tem ligação direta com o aumento de casos confirmados de Covid-19 no Estado. Conforme boletim epidemiológico atualizado neste sábado (18.abril) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), nas últimas 24 horas houve um aumento de 18 novos casos, totalizando 161 confirmados da doença em 20 dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul.

Contrariando todas as recomendações de autoridades em saúde e de gestores públicos, a circulação de pessoas tem aumentado e reduzido cada vez mais o isolamento social. O monitoramento por geolocalização da In Loco mostra que nesta sexta-feira (17.4) apenas 42,2% das pessoas se mantiveram em casa, enquanto 57,8% se movimentou no Estado.

Dos municípios com piores índices de isolamento, estão Alcinópolis (34,6%), Camapuã (35,4%), Inocência (36,6%), Taquarussu (36,6%) e Jardim (36,8%). Entre o que bateram percentual considerado bom ou ideal estão: Bela Vista (79,9%), Ladário (66,8%), Figueirão (62,7%), Jateí (62,3%) e Laguna Carapã (60,5%).

A população precisa ficar atenta, pois além da transmissão comunitária, a SES aponta tendência de interiorização da doença, ou seja, o vírus começou a expandir para os municípios. O secretário de saúde, Geraldo Resende demostrou preocupação com o cenário de baixo isolamento social, aumento de casos no interior e o aumento de internações em hospitais públicos.

“No início de casos confirmados a maioria dos leitos eram privados, mas hoje já temos 11 pessoas internadas em hospitais públicos. Mostra que a doença chegou na população mais vulnerável do nosso estado. Isso nos preocupa! E o ficar em casa, é até o presente momento o melhor remédio para combater a covid-19”, destacou.

O alerta para a crescente no número de casos também foi dado pela secretaria adjunta da SES, Dra. Christine Maymone. “Estamos numa tendência ascendente, numa curva exponencial, claramente vista com o número de casos que tem sido detectados e confirmados de um dia para o outro”, pontuou reforçando o pedido para a população atender as recomendações, tanto no uso de máscaras e no distanciamento social.

Mato Grosso do Sul tem 161 casos confirmados, 50 casos em investigação/suspeitos, e 5 óbitos até o momento. Confira o boletim epidemiológico detalhado: