05 de dezembro de 2020
Campo Grande 30º 24º

Assassinatos

Defesa vai alegar insanidade mental de pedreiro acusado de 7 assassinatos

O advogado de defesa de Cleber, 43, assassino confesso de sete pessoas em Campo Grande, disse nesta terça-feira (19) que vai alegar durante tributal que seu cliente possui problemas mentais.

“A sentença é certa, mas não pode ser de morte, como ele mesmo decretou às vítimas. É uma pessoa doente”, afirma o advogado Jean Carlos Cabreira de Sousa, conforme informações do site Campo Grande News. 

Para o advogado, o cliente é um psicopata. Por isso, a defesa vai pedir, na Justiça, que Cleber passe por avaliação psiquiátrica e alegar insanidade mental. 

O objetivo é garantir a internação do cliente em instituição competente para cuidar o quadro. “É inquestionável, apesar da autoridade policial querer incrementar o caso com motivações inexistentes, como a ambição pelos bens das vítimas, o próprio contexto demonstra que não é verdade”, explica o advogado Jean.

Cleber Carvalho confessou 7 assassinatos, cometidos entre 2015 e 2020, e levou a polícia aos locais onde enterrou os corpos na semana passada. Tudo veio à tona depois que ele foi preso pela morte de José Leonel Ferreira dos Santos, 61 anos, pela equipe da DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídio).