10 de abril de 2021
Campo Grande 35º 20º

#LUTO | ATRIZ

Por conta de 1 visita, atriz Nicette Bruno foi infectada e morreu de Covid-19

Revelação foi feita pela filha, a também atriz, Beth Goulart. Nicette morreu aos 87 anos

Leia também

• Dona Benta, do "Sítio do Pica-Pau Amarelo", atriz Nicette Bruno tem piora devido a Covid-19

A atriz Nicette Bruno morreu neste domingo (20.dez.2020), aos 87 anos. Ela estava internada com Covid-19 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Casa de Saúde São José, no Humaitá, Zona Sul do Rio. Beth Goulart, 59 anos, também atriz e filha de Nicette afirmou que a mãe ficou 10 meses isolada, mas que após visita de um parente foi contaminada.

"Nós moramos no mesmo condomínio. Mamãe tem a casa dela e eu a minha. Estou sempre com ela, somos muito ligadas, fazemos aulas juntas. E ela ficou nesses 10 meses totalmente protegida, numa redoma. Mas às vezes acontecem coisas que saem do controle. Semana passada, ela recebeu a visita de um parente e ele não sabia que estava infectado e, infelizmente, transmitiu o vírus para ela", explicou.

De acordo com o boletim médico divulgado neste domingo (20), o estado de saúde de Nicette “era considerado muito grave”. Ela estava sedada e dependente de ventilação mecânica.

O velório será na segunda-feira (21) às 11h, fechado para família e amigos próximos.

A cremação será às 13h30 no Cemitério da Penitência, no Caju. As cinzas vão ser levadas para o jazigo da família em São Paulo, onde está enterrado o ator Paulo Goulart.

CARREIRA 

Nicette é filha da atriz Eleonor Bruno e começou na carreira artística muito cedo, sendo contratada aos 14 anos como profissional de teatro pela Companhia Dulcina-Odilon. Sua estreia oficial nos palcos aconteceu em 1947 na peça "A Filha de Iório".

A paixão pelo teatro também teve reflexo na vida pessoal. Aos 19 anos, conheceu Paulo Goulart, com quem compartilhou quase 60 anos de casamento, ao contracenar com o ator na peça "Senhorita Minha Mãe", no Teatro de Alumínio, futuro Paço Municipal, em São Paulo.

A atuação da atriz na TV é repleta de personagens marcantes, como a Dona Benta, do "Sítio do Pica-Pau Amarelo", a Juju, de "Sete Pecados e a Ester de "Órfãos da Terra". Seu último trabalho na telinha foi em "Éramos Seis", como Madre Joana, uma participação em homenagem a ela, que protagonizou a trama na versão que foi ao ar 1977 pela extinta Tupi.

*Com informações da revista Quem.