05 de dezembro de 2020
Campo Grande 30º 24º

QUALIFICAÇÕES

Saber outro idioma é exigência frequente no mercado de trabalho

Sem dúvida, a língua estrangeira que mais aparece nos requisitos de vagas de empregos é o inglês e é fácil entender o motivo

Não importa se sua profissão é da área de humanas, exatas ou biológicas: saber outro idioma é exigência frequente no mercado de trabalho para a maioria das vagas disponíveis. Inglês e espanhol continuam sendo as línguas mais solicitadas, mas outros idiomas têm aparecido cada vez mais na lista de requisitos das empresas recrutadoras.

Essa exigência de outro idioma tem relação direta com o crescimento que o Brasil teve no comércio exterior nos últimos anos, bem como com a entrada de multinacionais que abriram filiais por aqui. Para essas corporações, a comunicação é fundamental para as negociações, algo que somente a fluência em um segundo idioma é capaz de alcançar.

E mesmo pequenas e médias empresas tem buscado por pessoas capazes de comunicar em outro idioma, uma vez que a internet permite que compras e vendas sejam realizadas para as mais variadas nações ao redor do mundo.

Quem adquire conhecimento em outro idioma tem melhores oportunidades de trabalho em empresas de diferentes níveis. O salário desses profissionais também tem impactado positivamente, afinal, as empresas que precisam de fluência na comunicação em língua estrangeira sabem que é necessário valorizar esse profissional para mantê-lo em seu time.

OS IDIOMAS MAIS REQUISITADOS PELO MERCADO

Sem dúvida, a língua estrangeira que mais aparece nos requisitos de vagas de empregos é o inglês e é fácil entender o motivo: trata-se do idioma mais falado do mundo. Assim, qualquer empresa que queira fazer negócios no exterior, desde contratar um fornecedor de outro país até abrir uma filial fora do Brasil, precisa de profissionais que saibam inglês.

Dominar o inglês tem o status de obrigação nas grandes empresas. Segundo a assessoria de imprensa do aplicativo Babbel, que oferece curso de inglês online para aprender em casa [1], o idioma é útil tanto no trabalho quanto no desenvolvimento de pesquisas, uma vez que existe uma grande “quantidade de livros e publicações que só podem ser encontrados em língua inglesa.”

Reprodução: Babbel 

Na lista de idiomas mais requisitados pelo mercado de trabalho temos também o espanhol, que para as empresas brasileiras é extremamente estratégico. Isso acontece porque somos o único país da América do Sul a falar português, enquanto todas as outras nações se comunicam na língua espanhola. Dessa forma, as empresas que querem comercializar com o Mercosul precisam contar com um time capaz de comunicar em espanhol.

Saber falar francês também pode ser útil do ponto de vista profissional, uma vez que tem sido exigência constante das empresas. Embora a necessidade desse idioma possa ser uma surpresa para muita gente, saiba que mais de 350 milhões de pessoas falam francês em todo o mundo. Ainda de acordo com o app Babbel, essa é uma “das línguas oficiais de órgãos jurídicos, políticos, acadêmicos e esportivos do exterior”, sendo exigência para profissões como diplomata.

Além desses idiomas, há também uma boa procura dos recrutadores por profissionais fluentes em alemão, mandarim, japonês e árabe, visto que cada vez mais negócios são fechados com países que falam essas línguas. Justamente por serem idiomas desafiadores, quem tem conhecimento nesses idiomas se destaca no mercado.

MAIS DO QUE A FLUÊNCIA EM LÍNGUA ESTRANGEIRA

Ainda que a exigência do conhecimento de outro idioma tenha crescido consideravelmente nos últimos anos, existem diversos aspectos que um recrutador de uma empresa leva em consideração em um candidato, tanto no momento em que analisa um currículo que recebe, quanto na entrevista presencial.

Imagem de cookie_studio por Freepik.

Ter facilidade para se adaptar às mudanças, ser cordial e ter proatividade são apenas alguns dos itens que fazem um profissional se destacar em um processo seletivo [2]. Por mais que saber um outro idioma tenha um bom peso, o recrutador avalia o conjunto que compõe um candidato, não somente itens isolados.

Outro aspecto que ajuda um candidato a se destacar é o interesse que demonstra em continuar aprendendo. Como a maioria das áreas sofrem atualizações constantes, seja com o surgimento de uma nova tecnologia ou de uma técnica diferente de gerenciamento, o aprendizado de forma contínua se mostra essencial.

Portanto, além de aprender a falar uma língua estrangeira, lembre-se de se manter em constante aprimoramento. Assim, você terá mais chances de crescer na carreira, independentemente da sua área profissional.

FONTES: 

[1] Aplicativo Babbel - https://pt.babbel.com/curso-de-ingles-online

[2] Época Negócios - https://epocanegocios.globo.com/Carreira/noticia/2018/06/recrutadores-revelam-o-que-faz-candidato-se-destacar-na-selecao.html