28 de setembro de 2021
Campo Grande 36º 22º

DESAPARECIDO

Santa Casa diz que paciente estava consciente orientado e por isso foi liberado

Homem está desaparecido desde ontem à tarde, quando recebeu alta do Hospital da Santa Casa em Campo Grande

A- A+

A Santa Casa de Campo Grande disse ser natural dar alta à pacientes que apresentem quadro consciente orientado sem a necessidade de comunicar a família caso o paciente seja autônomo. A resposta do Hospital vem após a família de Josué Batista Nascimento, de 53 anos, alegar que o hospital o deu alta ontem (24.nov), sem comunicar a família e o homem não chegou em casa até a tarde desta 4ª-feira (25.nov) sendo constatado pelos familiares o seu desaparecimento. (Veja AQUI).

De acordo com o Hospital, a idade de Josué e seu quadro permitia que ele fosse liberado sem acompanhamento. Portanto, a unidade o teria liberado seguindo procedimento padrão. "Nas condições dele, um paciente consciente e orientado, com a idade dele, não precisava de um acompanhante para que fosse liberado", justificou a assessoria da Santa Casa.  

A família diz estar desesperada, pois o homem que usa fralda e estava apenas de shorts jeans teria deixado o hospital sem condições de seguir para casa sozinho, porém o hospital nega. "Ele teve o TCE, foi tratado e ele se encontrava em condições de ser liberado. De todo modo, foi solicitado à ex-esposa dele que comunicasse os irmãos para que enviassem um acompanhante", disse o Hospital.  

A ex-esposa disse que comunicou os irmãos, que enviariam o acompanhante ontem, mas o hospital já teria liberado Josué. "Ontem nós arrumamos um para ir lá, aí que foi falado que o meu irmão já não estava lá. O hospital então pede o acompanhante mas libera antes?", indagou o irmão de Josué, o artista plástico Levi Batista.  

O homem está desaparecido há quase 24h, familiares disponibilizaram fotos dele pedindo ajuda para encontrá-lo. A imagem abaixo: