21 de abril de 2021
Campo Grande 32º 18º

Mais uma morte confirmada na tragédia de Mariana

A- A+

O delegado regional Rodrigo Bustamante confirmou na madrugada desta segunda-feira (9) que o corpo encontrado neste domingo, na região onde houve o rompimento das barragens da Samarco na última quinta-feira (5), no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na Região Central de Minas Gerais, é de Sileno Narkievicius de Lima, 47 anos, um dos 25 desaparecidos.

Ele trabalhava como motorista na empresa Integral Engenharia que prestava serviço para a mineradora. Segundo a polícia, o corpo foi identificado por causa de uma aliança. Nela, tinha o nome da esposa de Sileno e do dia do casamento dele.

O cunhado de Sileno, Dênio Marcos de Faria, foi ao necrotério de Mariana identificar o corpo. Além da aliança, o reconhecimento foi possível também graças a uma tatuagem e a um dente mais escuro, visível na foto postada nesta reportagem.

A primeira morte confirmada foi divulgada na sexta-feira (6). Claudio Fiuza tinha 40 anos e teve um mal súbito quando houve o rompimento na Região Central de Minas Gerais. 

Por causa do avançado estado de decomposição, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal, em Belo Horizonte. O enterro de Sileno estava previsto para esta segunda-feira (9), na cidade de Conselheiro.