17 de abril de 2021
Campo Grande 31º 20º

INVASÃO DO CAPITÓLIO

Medo que brancos tem de perder o poder gerou violência no congresso dos EUA

Peter Trubowitz, especalista em EUA da London School of Economics, expressa preocupação com período até posse

O extremismo que levou à invasão do Congresso americano ontem, quarta (6.jan.21) se deve ao pavor que os brancos americanos tem de perder o poder no país. O mesmo fenômeno explica os mais de 74 milhões de votos dados a Donald Trump nas eleições do ano passado. A conclusão é do diretor do Centro de Estudos sobre os Estados Unidos (US Centre) da London School of Economics (LSE), Peter Trubowitz. A reportagem é da Folha de São Paulo.

Peter disse que a demografia dos Estados Unidos está mudando, muitos americanos brancos não estão felizes com isso, e seus representantes no Congresso estão refletindo isso. “Esses argumentos sobre fraude eleitoral são uma tentativa de deslegitimar os votos principalmente dos afro-americanos, mas também, em alguns casos, dos latinos”, afirmou o professor americano, que ensina relações internacionais na LSE.

Peter disse estar preocupado com o que ainda pode acontecer até o dia o 20, data quando será empossado o presidente eleito Joe Biden. Para o professor Trump pode causar problemas mesmo depois de deixar a Casa Branca. “Ele ativou e impulsionou forças extremistas nos Estados Unidos, que agora podem se mover por conta própria”, explicou. 

Para cicatrizar o país, Biden terá que aplacar a insegurança econômica, reconquistar a classe média trabalhadora e achar terrenos comuns com os republicanos, principalmente em políticas industriais e de infraestrutura, e enfrentar a perda de empregos para a China e para a globalização.

“Não se trata de colocar pontes levadiças ou construir muros. Mas a política externa precisa pagar dividendos para o americano médio”, comentou. 

FONTE: VEJA AQUI A ENTREVISTA DA FOLHA DE S. PAULO