28 de fevereiro de 2024
Campo Grande 23ºC

CAPITAL

Com projeto de pomar e economia de merenda, escola no Santa Emília vence Controlador Jovem

A- A+

O Projeto Controlador Jovem, lançado pela Prefeitura de Campo Grande, através da Secretaria Municipal de Educação (Semed) em maio deste ano, premiou com R$ 50 mil, a Escola Municipal Maria Tereza Rodrigues, localizada no bairro Santa Emília, vencedora do primeiro lugar.

Para reforçar a ideia de cidadão atuante, com capacidade de verificar situações de incentivo no ambiente escolar e a se manifestar de maneira qualificada, o Projeto Controlador Jovem premiou cinco escolas da Reme (Rede Municipal de Ensino). A ação foi idealizada por meio da Controladoria-Geral do Município (CGM) em parceria com a Semed, que fomentou a cultura de transparência e controle social.

A prefeita Adriane Lopes esteve presente e afirmou que o Controlador Jovem despertou nos alunos o pertencimento nas escolas. "Eles se tornaram auditores, indicaram o projeto que queriam para escola e isso é muito importante, acompanharam as despesas, a execução do projeto. Isso despertou o pertencimento e o controle social destes alunos na comunidade".

O secretário municipal de Educação, Lucas Henrique Bitencourt, afirmou que o projeto será referência no Brasil. "O Controlador Jovem foi desenvolvido para o aluno identificar o problema na escola e a partir daí, buscar uma solução e prestar contas sobre isso. Foi muito sensacional proporcionar essa vivência aos alunos".

Segundo o Controlador-Geral do município, João Batista, o projeto é muito importante para a sociedade. "Mexemos com controle e há muitas facetas nisso e o projeto mostrou uma delas, que é o controle social. Os alunos e as escolas estão de parabéns".

A unidade escolar vencedora, desenvolveu junto com os alunos do 6º ano, quatro projetos, sendo: plantação de um pomar, economia de comida da merenda para evitar o desperdício, preservação das mesas e cadeiras e a biblioteca virtual.

Segundo a diretora da unidade escolar, Rosinete de Jesus Nascimento Duarte, foi a primeira vez que a escola participou do Controlador Jovem. "É muita emoção, muito feliz porque não tínhamos noção de como participar, mas foram surgindo as ideias e deu certo".

Os alunos fizeram cartazes de muita fome e pouca fome e colaram ao lado da cozinha. "Cumbucas com mais comidas, são pegas por alunos com mais fome e quem tem menos fome, pega menos comida. O pomar está sendo usado pela professora do laboratório. Para preservar o patrimônio escolar, foi colocado o nome do aluno na carteira para evitar risco, eles cuidam mais do lugar onde sentam".

A aluna da escola, Stefanny Vitória Barbosa, de 13 anos, disse o que mais gostou de desenvolver no Controlador Jovem. "A biblioteca virtual ficou legal, os alunos antes não tinham vontade de ir ao local por acharem chato, mas agora está mais atrativo".

Já a Escola Municipal Nerone Maiolino venceu o 2º lugar do projeto e levou R$ 25 mil. Os alunos desenvolveram o projeto Universo do Saber.

A direção da unidade comemorou a vitória. "Fizemos uma sala a céu aberto e também o caminho das sensações, para trabalhar com alunos que têm ansiedade. É uma alegria ver nossos alunos que se envolveram tanto no projeto, é só o resultado do tanto que se dedicaram. Se envolveram alunos do 6º ao 9º ano", diz a diretora, Marcele Oliveira.

Aluno do 8º ano, Caíque Prudêncio Brito da Silva, de 14 anos, ficou emocionado e feliz com a vitória. "Não foi só pelo projeto, mas pelos amigos que fiz, pela escola se movimentar, colocar sangue, suor e lágrimas, e conseguimos o segundo lugar".

Pedro Henrique Oliveira, aluno do 8º ano disse ter se esforçado muito. "O projeto foi maravilhoso, trabalhamos nele todos os dias, ralamos mesmo e a vitória veio".

A Escola Municipal Rachid Saldanha Derzi, ficou em 3º lugar. Foram 12 projetos desenvolvidos no Controlador Jovem. Conforme a coordenadora Renileide Ferreira Lima, a comunidade ajudou muito no desenvolvimento. "Criamos piso com material próprio da escola, materiais alternativos, fizemos jardim sensorial, revitalizamos e pintamos o parque de pneus, isso tudo só com mutirão, alunos, pais e professores".

Fonte: Prefeitura de Campo Grande - MS