22 de maio de 2024
Campo Grande 24ºC

SAÚDE PÚBLICA

Comissão de Saúde cobra 12 soluções de problemas em Campo Grande

'Nós queremos saber o que foi feito e qual o prazo para a realização de cada item', avisou Dr. Victor Rocha

A- A+

O presidente da Comissão de Saúde, vereador Dr. Victor Rocha (PP) juntamente com o vice-presidente, vereador Professor André Luiz, estiverem reunidos na tarde da 5ª.feira (11.mai.23) com representantes do Conselho Municipal de Saúde de Campo Grande (MS). 

Durante o encontro foram expostas as principais demandas da Saúde da Capital, entre elas: falta de medicamentos, falta de leitos, fechamento das farmácias das UPA´s, presença de pediatras nas Unidades de Saúde, o hospital municipal de saúde, entre outros.

Rocha, lembrou que a prestação de contas da Sesau está próxima, acontecerá no próximo dia 29/05 e na oportunidade será cobradas as soluções apontadas durante a Audiência Pública sobre a Saúde que queremos para Campo Grande. “Realizamos a Audiência Pública no início de abril, na oportunidade entregamos um documento nas mãos do secretário da Sesau, Dr. Sandro Benites, com doze proposições que contribuíram com a melhoria dos serviços oferecidos pela rede municipal de saúde. Nós queremos saber o que foi feito e qual o prazo para a realização de cada item”, pontuou o presidente da Comissão de Saúde.

O vereador André Luiz sugeriu reunião quinzenal com o Conselho Municipal de Saúde. “Nosso intuito é construir com o Conselho Municipal de Saúde uma pauta conjunta, com ações que beneficiem e realmente tragam melhorias para a Saúde Pública de Campo Grande”.

Conforme documento entregue à Sesau, segue os encaminhamentos a partir da Audiência Pública sobre a Saúde que Queremos para Campo Grande:

1º) RECURSOS HUMANOS INSUFICIENTES, com falta de Médicos Clínicos, Pediatras, Psiquiatras, Ginecologistas, Especialistas, Enfermeiros, Técnicos de Enfermagem, Administrativos, Odontológicos, Auxiliares de Saúde Bucal, Psicólogos, Assistentes Sociais, Fonoaudiólogos, Fisioterapeutas, Terapeutas Ocupacionais, Farmacêuticos e Agentes de Saúde.

Solução: Realização de Concurso Público para ampliação dos Profissionais de Saúde.

2º) NÚMERO DE LEITOS HOSPITALARES INSUFICIENTES PARA PACIENTES ADULTOS E CRIANÇAS.

Solução: Ampliação do número de leitos hospitalares em Campo Grande, em Rede própria, contratualizada ou Rede privada.

3º) FALTA DE MEDICAMENTOS BÁSICOS NAS UNIDADES DE SAÚDE.

Solução: Compra emergencial de medicamentos da REMUME (Rede Municipal de Medicamentos).

4º) UNIDADES DE SAÚDE COM ESTRUTURA FÍSICA COM NECESSIDADE DE REFORMA.

Solução: Aumento da disponibilização do Suprimento de Fundos aos Diretores Distritais; Manutenção Preventiva e Corretiva das Unidades Básicas de Saúde, Unidades de Saúde da Família, UPAs, Centros Regionais de Saúde e CAPS.

5º) ATRASO NO REPASSE AOS HOSPITAIS CONTRATUALIZADOS.

Solução: Dar celeridade no trâmite burocrático entre SESAU e Procuradoria Geral do Município, para agilizar os pagamentos dos serviços prestados aos Hospitais.

6º) ODONTO MÓVEL COM NECESSIDADE DE REFORMA.

Solução: Necessidade de reforma do Odonto Móvel para fazer odontologia preventiva.

7º) DESCUMPRIMENTO DAS ORDENS JUDICIAIS EM SAÚDE.

Solução: Cumprimento das demandas judiciais para efetivar o direito aos usuários do SUS e redução dos custos com o cumprimento.

8º) DESVALORIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE:

Solução: Implementação da Insalubridade aos profissionais de saúde, inclusive aos Agentes Comunitários de Saúde; Implementação dos Planos de Cargos e Carreiras aos Profissionais e melhoria das condições de trabalho, para retenção dos profissionais de qualidade.

9º) SUBFINANCIAMENTO DOS HOSPITAIS CONTRATUALIZADOS:

Solução: Discutir com cada prestador de serviços o que poderia ser ampliado em serviços para atender a população e correção do financiamento dos hospitais, com ampliação do financiamento Federal, Estadual e Municipal com valores adequados.

10º) INSTITUIR UMA POLÍTICA NUTRICIONAL para os pacientes internados nas unidades 24 hora – UPAS E CRS

11º) FILAS DE ESPERA DE CONSULTAS ESPECIALIZADAS, EXAMES E CIRURGIAS.

Solução: "Implementação da Lei Saúde para Todos", para realização de mutirões de saúde para zerar as filas de espera no SUS;

12º) SOLICITAÇÃO DE APOIO AO TRIBUNAL DE CONTAS ESTADUAL para que a Prefeitura Municipal de Campo Grande seja compelida a cumprir o Art. 5º da Constituição Federal (Saúde Direito de Todos), para oferecer uma saúde pública de qualidade à população para que possamos resolver de vez os principais problemas da saúde.

Participaram da reunião, representando o Conselho Municipal de Saúde: Maria Auxiliadora Fortunato (presidente), Antônio Elias (membro da comissão finanças) e Josimar Corvalã (secretário executivo).

Texto: Assessoria de Imprensa