06 de maio de 2021
Campo Grande 25º 16º

DEPREDAÇÃO

Em Campo Grande, estátua do poeta Manoel de Barros tem um dos pés furtado

O membro foi furtado na noite deste domingo (18. abril)

A- A+

A obra em estátua de bronze esculturada pelo artista plástico Ique Woitschach, exposta no Centro, que faz homenagem ao poeta Manoel de Barros, em Campo Grande, teve um dos pés furtado. A obra amanheceu sem o pé esquerdo nesta segunda-feira (19. abril).

O membro foi furtado na noite deste domingo (18. abril), no canteiro central da Avenida Afonso Pena, no trecho entre as ruas Rui Barbosa e Pedro Celestino.

A estátua foi instalada no local em (19.dez.2017) e serve como ponto turístico à moradores e também à visitantes da cidade há 3 anos e 4 meses. 

O suspeito do crime deve ter usado um objeto cortante, semelhante a serra para remover o pé. A obra pesa 400 quilos, em cobre. 

OUTRO CASO 

Há 5 dias, um dos letreiros instalados com o nome de Campo Grande, localizado na Avenida Afonso Pena, em frente ao Shopping, foi pichado com o termo "cú", que refere-se ao ânus.

A depredação foi verificada na quarta-feira (14. abril). A prefeitura, porém, no mesmo dia relizou a reparação do letreiro.