23 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 20º

GARRA

Há 3 anos na luta contra câncer, campo-grandense pede apoio para a próxima etapa

Após quase dois meses da cirurgia ela abriu nova campanha de arrecadação de doações, pois teve sequelas neurológicas

A campo-grandense Ingra Padilha, de 37 anos, agradeceu apoio de pessoas que a ajudaram doando para sua cirurgia de câncer de mama realizada em 31 de agosto desse ano. Após quase dois meses da cirurgia ela abriu nova campanha de arrecadação de doações, pois teve sequelas neurológicas e está com problemas de locomoção e fala.

Para se recupere disso, a campo-grandense precisa fazer fisioterapia e seções com a fonoaudióloga e também precisa de uma cadeira de rodas, já que teve a locomoção prejudicada.    

Na nova etapa da luta contra o câncer a jovem abriu nova Vakinha virtual e contou sua história de luta desde que foi diagnosticada com o câncer em 2018. 

“Em 2018, após diagnosticada com câncer de mama, fiz uma cirurgia para retirada dos seios. Em setembro de 2019, após fortes dores de cabeça, refiz os exames e foi constatado metástase cerebral, sendo necessária uma nova cirurgia realizada em Campo Grande (MS). Em 2020, foi constatada uma reincidência da metástase no cérebro e fiz uma nova cirurgia em agosto deste ano (2020), porém fiquei com algumas sequelas neurológicas”, contou. 

O leitor que puder ajudar essa guerreira, pode acessar esse link e doar a quantia que puder. Ela busca conseguir R$ 27 mil para comprar a cadeira, pagar as seções de fisioterapias e fonoaudiologia.