07 de maro de 2021
Campo Grande 30º 20º

VACINAÇÃO

Imunização chega para profissionais das unidades de Atenção Primária

Prefeitura e Sesau prevêem que, até 3ª feira (26), todos os mais de 3 mil profissionais já tenham sido vacinados

Profissionais de saúde das 72 unidades de Atenção Primária da Capital começaram hoje (22.jan.2021) sua imunização contra a Covid-19, na Clínica da Família – USF Dra. Márcia de Sá, no bairro Nova Lima. Na 3ª feira (19.jan.2021) a vacinação começou nas UPAs, CRSs, Samu, hospitais e asilos da cidade, seguindo na priorização de quem fica na linha de frente do combate ao coronavírus.

Após disponibilizar o apoio logístico da Casa de Leis ainda na terça-feira, a Câmara Municipal de Campo Grande marcou presença no ato desta 6ª feira (22), nas figuras do presidente Carlão, João César Mattogrosso, Papy, Clodoilson Pires e Dr. Sandro Benites. Técnica de enfermagem, servidora municipal da Prefeitura concursada desde 1988, Silvia Martins Santana dos Santos foi a primeira profissional de saúde a ser imunizada.

José Mauro Filho, secretário municipal de saúde, apontou que 73 profissionais da atenção primária de saúde que atuam na Clínica da Família no bairro Nova Lima serão vacinados hoje. Segundo a assessoria da Capital, até a próxima 3ª feira (26), a previsão é de que todos os 3.780 trabalhadores os profissionais, que atuam na linha de frente nas 72 unidades básicas de saúde, estejam vacinados.

Funcionária da unidade de saúde da família no bairro Nova Lima há 13 anos, Silvia se disse mais segura em fazer a vacina e ressaltou a satisfação em participar do ato. "A gente fica muito feliz em saber que tem mais esse meio de nos proteger, a gente se sente mais protegido. Hoje acordei muito cedo para chegar e tomar a vacina e participar dessa campanha. Estou muito feliz. Ser vacinada hoje significa esperança. A gente sabe que vai ser imunizada, ser protegida. Isso é uma esperança para nós. Estamos muito felizes”, ponderou a técnica.

Como representante da Câmara, o vereador Papy exaltou a importância da participação da Casa de Leis como necessária nesse momento. "A gente precisa da união de todos os poderes e de todo mundo que possa colaborar para o enfrentamento da COVID-19. A Câmara em outras oportunidades já apoiou a Secretaria de Saúde do município na logística das entregas das vacinas de H1N1 e desta vez repete essa mesma estratégia, que já no passado deu muito certo. Imagino que sociedade, órgãos públicos e os poderes trabalhando de forma coletiva, a gente vai enfrentar e vencer a COVID-19 o mais rápido possível”, afirmou o parlamentar.

Segundo o secretário municipal de saúde, entre os dias 19 e 21, 5.375 pessoas, parte do grupo prioritário dessa primeira fase, já foram imunizadas.