25 de maio de 2024
Campo Grande 14ºC

PREFEITA | CAMPO GRANDE

Prefeita Adriane Lopes da boas vindas aos futuros Guardas Civis Metropolitanos

Aula magna abre o curso de formação da Guarda Civil Metropolitana

A- A+

 

O curso de formação técnico-profissional do Concurso Público do Quadro Permanente da Guarda Civil Metropolitana do Município de Campo Grande/MS – Guarda/2020 – que é a última fase do certame – começou nesta segunda-feira (1º) com uma Aula Magna para os 388 candidatos classificados. Foram mais de 18 mil inscritos.

Com o tema: “Controle Externo da atividade policial”, a aula de hoje é ministrada pelo Promotor de Justiça Dr. Douglas Oldegardo, que também terá microaulas demonstrativas das principais disciplinas do curso de formação (que terá duração de 760 horas-aula).

Ao dar as boas vindas aos futuros Guardas Civis Metropolitanos, a Prefeita de Campo Grande Adriane Lopes  lembrou que há mais de 12 anos não havia concurso para a Guarda Civil Metropolitana. “É um momento importante esse de hoje, quando iniciamos uma nova etapa com vocês, concursados, para se efetivarem no Município e, com isso, somar com as forças de segurança da cidade”.

O secretário de Gestão do Município Agenor Mattiello explica que as aulas teóricas do curso de formação se iniciam efetivamente nesta terça-feira (2), com término previsto para a primeira quinzena de dezembro de 2022. “Serão 4 meses de intensa programação técnica-profissional, para disponibilizar capacitação adequada e que atenda a todos os requisitos legais e administrativos  para o ingresso na carreira da Guarda Civil Metropolitana”.

Entre os participantes desta etapa está Luciano da Silva Reis, 34 anos, que tinha o sonho de fazer parte da segurança pública. “Eu sempre quis entrar para a segurança pública, ter estabilidade profissional e construir uma carreira”.  Ele destacou que as vantagens que o segmento recebeu nos últimos anos foram, sem dúvida, fatores que pesaram na hora de fazer a inscrição do concurso. “A Guarda também está proporcionando muitas melhorias para os profissionais e isso também me motivou. Agora quero me dedicar, trabalhar com o que gosto e fazer o meu melhor”, concluiu.

Foram classificados 388 candidatos, respeitando as vagas reservadas aos candidatos PcD, negros e índios, para a participação no Curso de Formação, de caráter classificatório e eliminatório.

Esta fase do concurso terá a coordenação conjunta da Secretaria de Gestão (Seges) e da Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social (Sesdes).

O Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social Valério Azambuja falou sobre o papel que a categoria ocupa hoje, fruto das conquistas ao longos dos anos. “A Guarda Civil Metropolitana contribui significativamente com as forças da segurança pública, fazendo de Campo Grande a Capital mais segura em políticas públicas. Estaremos formando esses guardas para dar continuidade ao nosso trabalho, com a formação destes candidatos, que serão habilitados e nomeados  pela Prefeita de Campo Grande”.

Prefeita Adriane Lopes 

Mulheres na segurança

Entre as participantes do curso da Guarda está a advogada Kelin Rodrigues dos Santos Domingues, que tem expectativas de crescer na corporação. “O curso já representa uma conquista pra mim. Foram várias etapa e chegamos até aqui. Eu quero utilizar todo esse aprendizado da minha formação para evoluir na instituição. É significante poder contribuir com a segurança da população”, comentou.

Pensando além do curso, Mila Muriel Morais Millhomem Santos, de 28 anos, já se vê efetiva e quer contribuir para que a segurança seja cada vez mais humanizada. “Eu quero um olhar mais humano nas ações voltadas para a nossa sociedade, e é neste sentido que vou contribuir com o meu trabalho”, afirmou.

Futuros Guardas Civis Metropolitanos