22 de abril de 2021
Campo Grande 29º 18º

Semed lança campanha para aumentar doação de sangue no Hemosul

A- A+

A partir desta segunda-feira (16), doações de sangue do Hemosul contarão com reforço da campanha “Semed Sangue Bom”. Segundo assessoria,  o objetivo da ( Semed)  (Secretaria Municipal de Educação) é aumentar a quantidade de doadores, bem como cadastramento para a doação de medula óssea no Hemosul. A campanha termina no dia 20 de novembro.  O lançamento acontece no Hemosul às 9h.

A iniciativa partiu do projeto  "Sangue Bom" foi criado pelo professor Carlos Alberto Rezende, Professor Carlão. A campanha "Semed Sangue Bom" será divulgada entre educadores e servidores municipais da educação. As doações seguem um protocolo simples, ao chegar no Hemosul é necessário a apresentação dos documentos pessoais para um cadastro.

Depois o doador passa por triagem pelo qual é verificada a pressão arterial, peso, altura e um exame de anemia é feito. É realizada também uma entrevista com o profissional de saúde, que averigua as condições de saúde do doador. Em seguida, o doador assina um “Termo de Responsabilidade”.

A coleta dura em média de dez minutos, e a quantidade coletada é de 450ml. No caso do cadastro no banco de medula, são retirados 5ml de sangue, como um exame de laboratório, e o doador é cadastrado no Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de Medula Óssea – REDOME do Instituto Nacional do Câncer.Os dados genéticos do doador são cruzados com os dos pacientes que precisam da medula, se houver compatibilidade genética, a doação pode ser realizada. 

Doadores

Os doadores precisam ter entre 16 e 69 anos, segundo a nova lei da doação de sangue, aprovada em 2013.Para quem tem 16 e 17 anos, será necessário a presença do pai ou mãe ou responsável legal, ou, ainda, declaração do responsável legal com reconhecimento de firma da assinatura. A primeira doação, somente pode ser feita até 60 anos. Acima desta idade, apenas para quem já é doador de sangue.

Para doadores de medula, deve-se ter de 18 a 55 anos. Embora a nova lei permita a doação de pessoas abaixo de 50 Kg, a Hemorrede-MS reserva-se o direito de aceitar apenas doadores com 55 kg ou mais, para a melhor utilização do sangue coletado e segurança do doador. Ambas doações podem ser feitas no Hemosul, das 8h às 17h, na Avenida Fernando Côrrea da Costa, 1.304.