24 de maio de 2024
Campo Grande 23ºC

DIFICULDADE | SOLIDARIEDADE

Vídeo: doente, artista rifa onça-pintada de 1,6 metros para bancar cirurgia

Criador dos animais da famosa Praça Pantaneira

A- A+

Levi Batista do Nascimento, conhecido apenas como Levi Batista, artista-plástico campo-grandense de 60 anos, está rifando uma onça-pintada que confeccionou mesmo estando debilitado por várias doenças. Ele criou uma urna e em 30 de outubro fará o sorteio ao vivo pelo Facebook, com os nomes dos compradores.

O artista está fazendo tratamentos de chagas, tem insuficiência cardíaca, arritmia cardíaca e o baço inchado. Ainda assim, Levi segue produzindo suas artes esculpidas em mármore, cerâmica e isopor resinado. “A onça tem 1,60 metros, por 70 centímetros de altura. Essa cirurgia que vou fazer é na boca, porque não estou conseguindo comer, por causa dos dentes. A cirurgia custa caro, mas eu quero juntar R$ 5 mil para pagar pelo menos a entrada”, explicou o artista.

O tratamento consiste numa cirurgia óssea, devido a rejeição de um medicamento que tem causado náuseas e  diarreia constantes.

Este é Levi Batista. Ele explicou que devido as doenças está sem condições de porde trabalhar. Foto: Tero Queiroz | MS Notícias Este é Levi Batista. Ele explicou que devido as doenças está sem condições de porde trabalhar. Foto: Tero Queiroz | MS Notícias 

Levi disse à reportagem que convive com as doenças há mais de 5 anos, quando passou a ter dificuldades de fazer suas obras para comercializar. Tímido, ele foi incisivo ao dizer que precisa da colaboração, mas para as pessoas não entenderem como uma ‘caridade’. “Eu estou rifando porque essa onça desse tamanho com todo esse material que estou usando dura 500 anos. É leve, fácil de mudar de lugar e fácil também de restaurar, o material é resistente a chuva, ao Sol...”, seguiu. 

Durante entrevista ontem (18.ago) a onça onça ainda estava parcialmente pintada. Foto: Tero Queiroz | MS Notícias Durante entrevista ontem (18.ago) a onça onça ainda estava parcialmente pintada. Foto: Tero Queiroz | MS Notícias 

Criador dos animais da famosa Praça Pantaneira, localizada entre as ruas 25 de Dezembro e Barão do Rio Branco, em Campo Grande, Levi lamenta não ter saúde para continuar com seus trabalhos. “Estou passando provas difíceis, porque antes eu pegava trabalhos de todo o estado. Tinha condição de viver, agora está complicado porque eu não posso pegar peso, as vezes passo o dia deitado naquele quarto ali com dores, não tá fácil, mas sei que Deus é bom e vou conseguir superar isso aí”, contou. 

Em vídeo (abaixo) a artista mostra a onça e disponibiliza o "Pix" para que sejam feitas as tranferências das rifas que custam R$ 15 cada. "Assim que fizer a transferência só nos enviar o comprovante com o nome no celular e o colocaremos o nome da pessoa na urna. A urna é lacrada, no dia vamos abrir ela e uma criança vai pegar um dos papéis dentro. Depois do sorteio vamos ler todos os nomes que estiveram concorrendo e ajudando a gente", detalhou Levi. 

Para quem quiser colaborar com o tratamento para saúde  do artesão  Levi Batista e ainda concorrer a uma de suas obras de arte, o Pix é o celular (67) 9282004333 em nome da filha dele Josiane Brito do Nascimento e repassa o(s) comprovantes para o número dele (67) 991267000 que ele irá colocar em uma urna para o posterior sorteio pelo Facebook no mês de outubro. Para conhecer o trabalho de Levi, basta acessar o Facebook ou o canal no yotube: Levi Batista o Poeta.